Pesquisa personalizada

6 de mai de 2009

SIMP tenta negociar, prefeitura não aceita índice

Reunidos hoje à tarde, direção do SIMP e comissão de negociação da prefeitura, analisaram a pauta de reivindicações entregue pelo sindicato na semana passada, e nada foi resolvido.
.
Os representantes do Prefeito, apresentaram as limitações da prefeitura, usando como argumento a crise financeira mundial, que teria atingido também o município de Pelotas. Eles consideraram que o índice de 12,06% solicitado pelo Simp estaria completamente fora da realidade financeira do município.
.
Ao final da reunião, a comissão acertou com o Sindicato que apresentara, após reunião com o chefe do executivo, um documento estipulando um índice de reajuste possível para negociação a ser entregue ao sindicato na próxima quinta-feira (7) para que o SIMP apresente à categoria na assembléia marcada para sexta-feira (8).
.
Ao que tudo indica, o executivo vai se valer de um argumento - crise mundial - que não impede que obras e inaugurações cheias de pompas sejam tocadas como prioridades, mas que para atender às necessidades do funcionalismo, é uma barreira intransponível.
.
Vale lembrar que o funcionalismo já paga contas da prefeitura. Em janeiro foi aprovada uma lei aumentando o desconto no salário do funcionalismo em 1,5%, para amortizar uma dívida da prefeitura com o Instituto de Previdência (PREVPEL) que ultrapassa os R$ 50 milhões.

Um comentário:

Anônimo disse...

Meu salário como professora é menor que o salário da empregada doméstica da casa da minha mãe. Isto é justo?