Pesquisa personalizada

31 de out de 2010

Pesquisa de boca-de-urna aponta vitória de Dilma

Pesquisa Ibope indica vitória de Dilma com 58% dos votos válidos, ficando José Serra com 42%.

SOS Animais Pelotas promove Feira de Adoção

feira de adoção

No próximo dia 07/11/2010, domingo, das 14h às 19h, no Estacionamento Central (Rua Anchieta, 1985, entre Sete de Setembro e General Neto), a SOS Animais promoverá Feira de Adoção de Cães e Gatos (filhotes e adultos). Além dos candidatos à adoção, haverá produtos da SOS Animais à venda (camisetas, adesivos, bottons, chaveiros, blocos de notas, etc.).

Estarão disponíveis para adoção cães e gatos de várias idades e portes, desverminados e com a 1ª dose de vacina polivalente aplicada. Todos em busca de um lar responsável, onde possam viver com dignidade e proporcionar muitas alegrias.

Para adotar é imprescindível ter mais de 18 anos, apresentar documento de identidade e comprovante de residência, responder ao questionário da entrevista e assinar termo de responsabilidade. Fica a critério do responsável pelo animal exposto permitir que o adotante o leve para casa diretamente da feira (nesse caso, o termo de responsabilidade será assinado na hora) ou combinar data posterior para entregá-lo na casa do adotante, baseado nos dados colhidos durante a entrevista (nesse caso, o termo de responsabilidade será assinado no ato da entrega do animal).

A SOS Animais aceitará inscrições para a feira até atingir o número máximo de 100 participantes. Já estão previamente inscritos 39 animais mantidos por associados. Veja as regras para inscrição e participação na feira:

  • 1) Somente serão aceitas inscrições através do e-mail sos@sosanimaispelotas.org.br, e não será permitida a participação de animais sem prévia inscrição;
  • 2) Todos os animais (cães e gatos) deverão estar desverminados e portar carteira de vacinação assinada por veterinário, comprovando a aplicação da 1ª dose da vacina polivalente. Esse critério é para garantir que os animais foram minimamente observados pelo responsável e examinados por um veterinário. É importante para evitar que o animal que está sendo adotado contamine ou seja contaminado pelo ambiente onde irá viver;
  • 3) Animais adultos podem participar, preferencialmente se já estiverem castrados. Os cães devem ser conduzidos e mantidos com coleira e guia durante o período de participação e os gatos devem ser conduzidos em caixa de transporte e mantidos em gaiolas; 
  • 4) Os filhotes de cães devem ser conduzidos em caixas de transporte e mantidos em gaiolas ou cercados durante o período de participação;
  • 5) O responsável deve levar água, ração, jornais velhos e todo o material necessário ao transporte e contenção (caixas de transporte, coleiras, gaiolas e cercados) de seus animais, além de permanecer com eles enquanto estiverem expostos;

Esperamos você lá!  http://sosanimaispelotas.org.br/
Paula S. Ferro
Atendendo ao  pedido especial de nosso amigo Splash.

30 de out de 2010

Ratos pelados podem revelar segredos da longevidade

Pesquisas indicam que uma espécie feia, enrugada e pelada de ratos, vive muitos anos a mais do que ratos comuns, não é afetado por produtos químicos e nunca tem câncer.

Muitos camundongos têm tumores detectados quando morrem, mas a doença nunca foi encontrada nos ratos pelados. "Toda vez quem um morre, tentamos descobrir o motivo. Nunca vimos um tumor, lesões e sinais de linfoma. Nós sabemos que eles não têm câncer relacionado ao envelhecimento", diz Rochelle.

Os pesquisadores injetaram células cancerígenas de roedores e humanas nos animais. Em duas semanas, os camundongos desenvolveram a doença. E seis meses depois, os ratos pelados não apresentavam nenhum problema. As células anormais continuaram em seu corpo, mas param de se replicar. "Acreditamos que os ratos-toupeira têm um mecanismo de vigilância melhor para acessar o que há de errado em seu DNA", diz. Quando algo dá errado, as células são seladas e ficam incapazes de reproduzirem.
Uma outra possibilidade investigada por cientistas da Universidade de Rochester é que as células destes animais param de se multiplicar bem antes que as nossas e as dos outros roedores. A equipe está tentando identificar sinais extracelulares que façam com que as células tumorais parem de se replicar, para quem sabe um dia ativar ou injetar o mesmo mecanismo em humanos.
Esta é uma matéria da Revista Galileu que pode ser acessada clicando aqui.

28 de out de 2010

SANEP convoca aprovados em concurso

Os aprovados  relacionados abaixo devem comparem imediatamente na sede da autarquia, localizada à rua Félix da Cunha, 653, no horário entre 8h e 14h, para nomeação e avaliação médica/psicológica. Devem portar a seguinte documentação em originais e cópias: CPF, Carteira de identidade, Título de Eleitor, Carteira de Trabalho e Previdência Social, CNH (cargo motorista), certificado de quitação militar, comprovante da última votação (1º e 2º turnos), Pis/Pasep, Certidão de Nascimento (filhos menor de 14 anos), carteira de vacinação (filhos menores de 5ª anos), comprovante de frequência escolar dos filhos de 7 a 14 anos, Certidão de Casamento, comprovante de residência, Diploma ou Histórico Escolar, Certidão de Registro na Entidade Profissional competente, 02 fotos 3X4 recentes e Alvará Judicial de Folha Corrida expedido pelo Foro. Tudo como fim de serem empossados até o dia 16 de novembro.


Escrevente
11º - Diom Carlos Afonso;
12º - Eduarda Maia Ramalho Pinto;
13º - Cíntia Maria Silveira de Moura;
14º - Tassia Schinoff da Silva;

Instalador
32º - Luis Henrique Flores Moreira;
33º - Adão Eduardo Pereira Soares;

Motoristas
19º - Gildo Jose Karnopp;

Técnico da Construção Civil
18º - Miriam Zanol Remde;
19º - Tiago Silva das Neves.

27 de out de 2010

Dívidas com o SANEP poderão ser quitadas

Abatimentos totais de juros devidos e parcelamentos com percentuais vantajosos de descontos são algumas das condições que o pelotense terá à disposição para quitar suas pendências com o Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep). A Lei 5.730, do último dia 22, que criou o Programa de Regularização Tarifária no âmbito da Autarquia, já está em vigor e as negociações dos débitos em dívida ativa começam na próxima segunda-feira.

Por meio do Programa de Regularização Tarifária do Sanep, os usuários dos serviços disponibilizados poderão negociar ou renegociar os seus débitos com o Sanep. Diferentemente dos parcelamentos convencionais, o programa oferece novos prazos e percentuais de descontos para a quitação. Inclusive, poderão ser transferidos para o Programa eventuais saldos de parcelamento em curso.

Uma da exigências para aderir às novas condições é estar em dia com 2010 ou apresentar um cálculo das negociações anteriores. O Programa que, incialmente, se encerra em 10 de novembro, poderá ser estendido até o final de ano, caso o Executivo apresente um projeto de lei prorrogando as datas. 
    
De acordo com dados dos últimos meses, a inadimplência na Autarquia oscila em torno de 15,3% do total de 90.498 ligações, e a expectativa é de arrecadar em torno de 10% da dívida total, algo próximo de R$ 6 milhões. Atualmente a cidade conta com 112.624 economias (imóveis abastecidos) e uma emissão mensal de 87.452 contas.

O Saldo devedor parcelado será convertido em Unidade de Referência Municipal (URM - hoje R$ 68.06). O atraso no pagamento das parcelas superior a 60 dias implicará na suspensão do usuário do Programa e na perda dos benefícios da negociação. Os interessados devem procurar o Sanep, na esquina da Félix da Cunha com Sete de Setembro, das 8h às 14h.

         Condições
Pagamento em cota única – desconto de 100% nos juros devidos;
Parcelamento em até 06 vezes – desconto de 80% dos juros devidos;
Parcelamento em até 12 vezes – desconto de 70% dos juros devidos;
Parcelamento em até 24 vezes – desconto de 50% dos juros devidos;
Parcelamento em até 36 vezes – desconto de 40% dos juros devidos;
Parcelamento em até 48 vezes – desconto de 30% dos juros devidos.
   

26 de out de 2010

Dilma grampeada, sabia de ação na Eletrobras contra relatório da CGU

Deu na Folha de São Paulo: Então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT) foi informada de estratégia para "desconstruir" na Eletrobras relatório da CGU (Controladoria-Geral da União), vinculada à Presidência da República, que apontou irregularidade no programa federal Luz para Todos.

A informação foi transmitida a Dilma pelo ex-ministro de Minas e Energia Silas Rondeau (ele próprio alvo do relatório da controladoria) durante conversa telefônica no dia 27 de maio de 2008.

O telefone de Silas estava grampeado pela Polícia Federal, que o investigava por suposto tráfico de influência no governo. A Folha teve acesso ao grampo.

Duas semanas antes da conversa com Dilma, Rondeau e o diretor de Planejamento e Engenharia da Eletrobras, Valter Cardeal, aliado da petista há 25 anos no setor elétrico, tinham sido denunciados à Justiça sob a acusação de formação de quadrilha e desvio de recursos do Luz para Todos no Estado do Piauí.

Ouça a gravação do diálogo entre Dilma e Silas Rondeau, clique AQUI

24 de out de 2010

Bispo diz que ''PT é o partido da morte''


"O PT é o partido da mentira, o PT é o partido da morte", afirmou ontem d. Luiz Gonzaga Bergonzini, bispo diocesano de Guarulhos, na Grande São Paulo. "O PT descrimina o aborto, aceita o aborto até o nono mês de gravidez. Isso é assassinato de ser humano que não tem nem o direito de se defender."

D. Luiz é a voz dentro da Igreja católica que desconforta Dilma Rousseff, candidata do PT à Presidência, e a coloca no centro da polêmica sobre o aborto. É dele a iniciativa de fazer 2 milhões de cópias do folheto "apelo a todos os brasileiros e brasileiras".

Mais que um libelo contra a interrupção da gravidez, o documento é uma recomendação expressa aos brasileiros para que "nas próximas eleições deem seu voto somente a candidatos ou candidatas e partidos contrários ao aborto". Não cita nominalmente a petista, mas é a ela que se refere claramente.

"Eu tenho uma palavra só, eu não tenho duas ou três palavras como a dona Dilma tem. Ela apresentou três planos de governo, o segundo mascara o primeiro e o terceiro mascara o segundo", disse d. Luiz, na casa episcopal, onde recebeu a imprensa para falar pela primeira vez sobre a ação da Polícia Federal que, há uma semana, confiscou 1 milhão de folhetos por ordem do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A corte acolheu liminarmente ação cautelar do PT que alegou ser alvo de documento apócrifo e falso. "Foi uma violência contra a Igreja", reprova o bispo. Mas ele não recua. Por meio dos advogados da Mitra de Guarulhos, João Carlos Biagini e Roberto Victalino de Brito Filho, o bispo requer ao TSE que revogue a decisão provisória e determine a imediata devolução da papelada que mandou fazer na Gráfica Plana, no Cambuci, em São Paulo.

Nos templos. Se recuperar os panfletos, que considera pertencer à Igreja, d. Luiz planeja distribuir um a um nas portas e nos arredores dos templos nos limites de sua Diocese e mesmo além. "Eu sou pela verdade. Pela verdade eu morro se preciso for, pela Igreja eu morro, pela minha consciência eu morro. Não tenho medo. Estou enfrentando situação difícil, mas vou continuar." A seu rebanho ele prega: "Não vote na Dilma."

Indigna-o a acusação do PT, de que seu apelo é uma falsificação. O documento, observa, é oficial da Igreja, assinado por três bispos e aprovado pelas Comissões Diocesanas de Defesa da Vida. "O PT é o partido da mentira. Dilma sempre declarou que era um absurdo não liberar o aborto. Agora ela é até muito católica. É lógico, depois das pesquisas ela mudou de opinião. Me acusam de mentir sobre esses fatos verdadeiros. O PT é o partido da morte. Diante de tanta manipulação espero que o povo enxergue a verdade e vote certo."

Ressalta que não está fazendo campanha ou pedindo votos para José Serra (PSDB), antagonista de Dilma. Conhece o tucano que, como ministro da Saúde, passou pela cidade. "Mas nunca tomei uma taça de vinho com ele, nem mesmo copo d"água."

Sua missão, diz, é promover o evangelho e a doutrina cristã. Apresenta-se como sacerdote do Altíssimo. "Na defesa da vida vou até a morte. Nunca pedi que votem ou não votem em Serra. Eu digo que não votem na Dilma. Há outras opções, o voto nulo, o branco. Sou político, tenho direito de ser, mas não partidário."

Sua diocese abriga 1,3 milhão de habitantes, espalhados em 341 quilômetros quadrados. É a segunda maior do Estado, com 36 igrejas e 50 capelas. Ele considera "contrassenso" o fato de o presidente Lula ter oferecido abrigo à mulher iraniana condenada à morte por apedrejamento. "O governo oferece até asilo político para uma senhora condenada em seu País. Aqui aceita que se mate crianças nossas, que não cometeram crime algum, e em grande quantidade."

Pressões não o inibem. Carta anônima chegou a seu retiro, a 23 de setembro, postada na agência Central dos Correios, um manuscrito que atribui a petistas violências e morte. "Não tenho medo." São muitas, "pelo menos 300", as manifestações de solidariedade que tem recebido - elas chegam por e-mails, telefonemas, cartas e telegramas, até de d. Evaristo Arns. "De político não chegou nenhuma mensagem."

E os R$ 30 mil investidos na impressão, de onde saíram? "Doações espontâneas que chegaram a mim, doações de pessoas não ligadas a partidos. Gente que me deu ajuda com essa finalidade, de fazer folhetos. Teve sobra, vou doar à Diocese."

Não o incomoda o fato de a gráfica do Cambuci pertencer a empresário casado com uma filiada do PSDB, irmã de Sérgio Kobayashi, que integra a campanha de Serra. "Essa mesma gráfica imprimiu jornais e panfletos para candidatos do PT."

D. Luiz diz respeitar "a opinião e a posição" de qualquer cidadão. "Não sou desses que manda sequestrar impressos, que amordaça a imprensa, como infelizmente acontece em nosso País hoje. Estou com a consciência tranquila de ter feito a minha obrigação. A minha posição é esta: não pode votar na Dilma. Se ela vencer vou lamentar. Vou respeitá-la como presidente, mas vou continuar minha luta. Eu tenho uma palavra só, contra o aborto. É uma norma pétrea. Não vou ceder."

Estado de São Paulo

23 de out de 2010

Dilma e BNDES ajudaram a patrocinar o desmatamento da Amazônia, diz TCU

Auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) atribuiu a uma “falha” da Casa Civil o choque entre duas políticas públicas do governo Lula. Nos dois últimos anos, o BNDES investiu bilhões em frigoríficos, contribuindo para o avanço da pecuária na Amazônia, na contramão da política de combate ao desmatamento.

Entre 2008 e 2010, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social investiu cerca de R$ 10 bilhões em grandes frigoríficos, como JBS, Bertin (que se fundiram) e Marfrig. A compra de participação acionária dessas empresas pelo banco pretendia consolidar a posição do País como principal exportador mundial de proteína animal.

O “complexo carnes” deveria se tornar o principal setor exportador do agronegócio brasileiro, de acordo com a Política de Desenvolvimento Produtivo do Ministério do Desenvolvimento. Nessa época, o próprio governo já havia reconhecido a pecuária como o maior motivo do abate da Floresta Amazônica.

Faltou coordenação no governo para evitar trombadas entre as duas políticas, aponta o tribunal. “Foram identificadas falhas na articulação e coordenação, a cargo da Casa Civil”, entre os diferentes programas de governo. A Casa Civil era comandada à época por Dilma Rousseff, que não é citada pelo TCU.

A ministra era, formalmente, a coordenadora de todos os programas do governo espalhados pelos vários ministérios. O próprio presidente da República, tão logo começou a campanha eleitoral, apresentou-a ao eleitorado como sendo a segunda pessoa mais importante na estrutura de governança do País.

Questionada sobre a conclusão dos auditores, a Casa Civil argumentou que contribuiu para a redução do desmatamento na Amazônia. A taxa anual anunciada no final de 2009 foi a mais baixa em 20 anos: 7,4 mil quilômetros quadrados. “Isso não significa que estamos satisfeitos. Precisamos continuar melhorando e sempre há espaço para isso”, afirmou a Casa Civil. >>>>>>>continue lendo>>>>>  Estado de São Paulo

A verdade sobre os Dossiês

A  revista Veja desta semana traz em sua capa trecho de uma conversa gravada entre o atual  secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Pedro Abramovay e, Romeu Tuma Jr ex-secretário que foi exonerado depois das acusações feitas pela Polícia Federal de que o delegado tinha ligações com o chinês Li Kwok Kwen, conhecido como Paulo Li, e apontado como um dos chefes da máfia chinesa em São Paulo.

A revista promete revelar a verdade sobre os Dossiês, coisa que com certeza será negada pelo PT e governo federal, que certamente irão tentar criar verdades a partir de mentiras deslavadas e tentar desmoralizar as declarações de Romeu Tuma Jr. que confirmou que Abramovay era pressionado pelo núcleo da campanha petista, a pedido de Dilma Rousseff, para produzir dossiês contra os tucanos.

Com certeza Dilma irá negar o envolvimento com o jornalista Amaury Ribeiro Jr, pivô da quebra de sigilos de tucanos ligados a José Serra (PSDB), que ficou hospedado em flat de um contratado da Pepper, empresa prestadora de serviços da campanha de Dilma Rousseff (PT).  Ela vai jurar que não sabe de nada e nada viu. Ela vai jogar a culpa nos tucanos e continuar fazendo aquela cara de vítima. No entanto, as acusações, segundo a Veja, são acompanhadas de provas irrefutaveis, mais de 20hs de fitas gravadas que levam diretamente à candidata de Lula.

22 de out de 2010

IPTU 2011/Pelotas - isenção

Os proprietários de imóveis tombados e inventariados já podem solicitar à Secretaria Municipal da Receita a isenção do IPTU 2011. O requerimento é preenchido na Secretaria, para posterior vistoria individual que será feita pela Secretaria Municipal de Cultura.

Quem não fizer a solicitação de isenção, ainda que o imóvel seja tombado, e tenha sido beneficiado em outros anos, precisará fazer o pagamento, já que a isenção é concedida a partir da vistoria. 

A SMR fica localizada na rua General Osório, 605. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (53) 3309-5900.

21 de out de 2010

Erenice Guerra é multada pelo TSE por ofensas à Serra

O Tribunal Superior Eleitoral, por maioria, determinou a aplicação de multa no valor de 20 mil reais a ex-ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República Erenice Guerra. O motivo da sanção é uma nota divulgada por Erenice e publicada em site mantido pelo governo federal.

O texto foi considerado ofensivo ao candidato José Serra, sendo propaganda negativa e a publicação em site do governo se enquadra nas hipóteses de condutas vedadas aos agentes públicos pela Lei das Eleições (lei 9.504/97).

A representação foi ajuizada pela Coligação que apoia José Serra, que também pedia a aplicação de multa a Dilma Rousseff. Entretanto, ao concluir seu voto, o ministro Henrique Neves, relator do caso, decidiu por isentar a candidata da sanção, pois esta não teria ciência prévia da nota divulgada por Erenice Guerra.

Acompanharam o relator os ministros Ricardo Lewandowski, Carmen Lúcia, Marco Aurélio, Aldir Passarinho Junior e Arnaldo Versiani. Ficou vencido apenas o ministro Hamilton Carvalhido, que considerou a nota publicada como um ato de autodefesa da ex-ministra-chefe da Casa Civil.

18 de out de 2010

Sobrou da parada Gay…

19082010 153

19082010 15119082010 149

  19082010 152Av Bento Gonçalves 7h20 da manhã desta segunda-feira. Muita sujeira e trabalho para os homens e mulheres da limpeza urbana.

17 de out de 2010

Indecisos definem voto após debate da RedeTV - Serra leva a melhor

Durante o debate desta noite a direção da RedeTV deixou a avaliação dos candidatos à presidência nas mãos  de 27 eleitores declarados indecisos. A cada bloco os indecisos declaravam eletrônicamente sua opinião sobre os cadidatos. Na avaliação final, Serra venceu 3 dos 5 blocos do debate. A nota de Dilma não ultrapassou a média de 50,8 e Serra ficou com a média de 68,5.

No início do programa, os avaliadores se dividiam assim: 23 indecisos, dois dispostos a votar em Serra e outros dois em Dilma.

Ao fim do debate, Serra tinha 14 votos, Dilma contava outros seis, e sete eleitores permaneciam indecisos.

16 de out de 2010

Carta de Dilma

Atormentados pela sensação de que estão prestes a perder a eleição, o poder, o emprego e a boa vida, os coordenadores da campanha de Dilma Rousseff perderam quaisquer vestígios de escrúpulos e fizeram a candidata perder de vez a vergonha. Divulgada nesta sexta-feira, a Mensagem da Dilma pede ajuda a um Deus a quem acabou de ser apresentada, renega um Programa Nacional de Direitos Humanos que reproduz fielmente o que sempre defendeu e promete que, se chegar à Presidência, fará o contrário do que pregava até a semana passada.

Confrontado com a prova do crime de estelionato, qualquer dirigente da oposição poderia retrucar com a frase seguinte: “Não podemos permitir que a mentira se converta em fonte de benefícios eleitorais para aqueles que não têm escrúpulos e manipulam a fé e a religião”. Pois é exatamente isso o que aparece no último parágrafo. Entre as obscenidades institucionalizadas pelo governo Lula figura a que transforma o culpado em inocente e lhe concede o direito de acusar as vítimas.

“Espero contar com vocês para deter a sórdida campanha contra mim orquestradas”, choraminga a signatária. “Sórdida campanha” é a coleção de vídeos que mostram Dilma como ela é. Ninguém orquestrou coisa nenhuma: a internet apenas tornou mais conhecidos alguns trechos da partitura da Ópera da Mentira.

A Mensagem da Dilma é a carta do náufrago enfiada na garrafa que flutua sobre ondas crescentemente perturbadoras. Não vai chegar à praia. por Augusto Nunes

Horário de Verão

Começa na madrugada deste domindo, em dez estados das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul do país, o horário de verão. À meia-noite, os moradores dessas áreas devem adiantar os relógios em uma hora. A medida vai valer até o dia 20 de fevereiro de 2011.

Candidatos a inspetor da Polícia Civil fazem prova amanhã

Um total de 4.425 candidatos concorre amanhã a 250 vagas de inspetor da Polícia Civil do Estado. As provas do concurso, promovido pela Academia de Polícia (Acadepol), serão realizadas pela manhã e à tarde, nos prédios 15 e 50 da Pontifícia Universidade Católica (PUCRS), em Porto Alegre.

Até o final do ano, os melhores colocados devem ser chamados. Eles começarão um curso de preparação no início de 2011. A previsão é que os novos inspetores comecem a trabalhar no segundo semestre do próximo ano.

HORÁRIO
- Manhã: chegada às 8h e provas de língua portuguesa e redação das 9h às 12h
- Tarde: chegada às 14h e provas de conhecimentos específicos e gerais das 15h às 18h
- Informações: www.policiacivil.rs.gov.br/acadepol

Gabarito da prova para inspetor de policia/RS disponivel a partir de 19/10/2010, CLIQUE AQUI
Gabarito da prova para inscrivão de polícia/RS provas realizadas em 10/10/2010, CLIQUE AQUI

14 de out de 2010

No Piauí Dilma e Lula prometem fazer o que não foi feito nos últimos 8 anos

Diante de um estado com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o tema que norteia a campanha petista é a desigualdade social. Durante comício em Teresina (PI) nesta quarta-feira (13), tanto a candidata Dilma Rousseff quanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursaram a favor da redução da pobreza. Ambos atacaram o governo FHC e fizeram comparações entre ricos e pobres, esquecendo que foi Lula quem ditou as regras nos últimos 8 anos, tempo suficiente para implementar políticas de erradicação da miséria que só aparecem em discursos.

“Não entreguem o nosso país a quem não tem compromisso com o povo pobre. Quando criei o Bolsa Família, os de lá diziam que era esmola. Eles não têm noção do que significa 100 reais para pobre. É o valor que eles dão de gorjeta quando tomam uísque”, insinuou Lula, esquecendo de dizer que ele como governante gastou mais no AEROLULA ( US$ 46 milhoes) do que investiu em saneamento em 2004.

O presidente também partiu para o ataque contra os senadores Heráclito Fortes (DEM) e Mão Santa (PSC), que não conseguiram se reeleger no estado: “Quero agradecer os votos que vocês deram a eles. Essa gente foi do mal com o povo pobre. Disse a eles nas eleições que teriam o troco”.

Assim como Lula, a candidata petista criticou o governo FHC ao falar do desequilíbrio entre os estados: “Eu dei contribuição para que a desigualdade que existia no país mudasse. Havia regiões e estados que não recebiam nada. Com o presidente Lula isso mudou”. Mudou como? No Piauí nada mudou.

Para agradar os piauienses, a ex-ministra prometeu sanar carências no estado, como falta de luz, água, moradia e escola, coisa que Lula teve tempo suficiente para sanar mas não o fêz. Dilma usou o mesmo discurso adotado em seu programa de televisão, dizendo que seu eventual governo seria para pessoas e não para cimento e tijolo.

11 de out de 2010

Arcebispo de João Pessoa acusa Dilma e PT por defesa do aborto

O arcebispo de João Pessoa, Dom Aldo Pagotto, postou no Youtube um vídeo de 15 minutos no qual ele acusa diretamente o PT e a candidata do partido à Presidência da República, Dilma Rousseff, de pregarem a cultura da morte no País. O arcebispo se refere à polêmica sobre o aborto. Segundo ele, Dilma e o PT querem "descriminalizar o aborto e o transformar em direito humano fundamental". Para o arcebispo, "ataques à vida precisam ser combatidos". No discurso lido, Pagotto se dirige aos diocesanos e afirma: "Não podemos ficar calados diante da atitude pró-aborto do PT".
No vídeo, o arcebispo ataca, inclusive, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Pagotto afirma que o presidente jurou - em carta redigida de próprio punho, endereçada aos bispos brasileiros em agosto de 2005 - que era contra o aborto, mas enviou um projeto de lei ao Congresso legalizando a ação.

Assista ao vídeo.



Agora vejam o que Dilma declarou em entrevista à IstoÉ. Hoje ela mudou o discurso em função da repercussão negativa entre os eleitores de Marina que ela tenta transferir para o PT.

10 de out de 2010

Dilma promete mais de 3 mil cinemas pelo Brasil

Durante visita à Bienal de São Paulo neste domingo, Dilma prometeu, caso seja eleita, que cada um dos 5.564 municípios brasileiros terão um cinema e uma biblioteca. Além disto Dilma pretende criar pelo menos um ponto de cultura em cada cidade.
 
Hoje apenas 8,7% dos municípios brasileiros têm salas de cinema. Somente no final do primeiro mandato de Lula este número caiu de 504 para 482. A distribuição das salas de projeção também é desigual: das 2.078 existentes no país, 1.244 estão na Região Sudeste. Já em toda a Região Norte o número chega apenas a 60.
 
Dilma esquece que não basta ter cinema, o povo têm que ter condições para chegar lá. Hoje as pessoas não têm acesso aos equipamentos culturais, pois faltam-lhes:
  • Segurança
  • Transporte público de qualidade
  • Recursos financeiros
 
Dilma poderia construir escolas, melhorar as condições das existentes, já que a qualidade da educação no Brasil piora a olhos vistos dia após dia. Temos um apagâo educacional em nosso país. 

Nos últimos oito anos, segundo relatórios da UNESCO e do Ministério da Educação, caímos na classificação internacional de qualidade de educação, porque o governo preocupou-se mais com seus programas assistencialistas do que com a base, saúde, segurança e educação. Parece que Dilma vai dar continuidade a isto!




Homen de confiança de Dilma leva vantagens após contratos com o governo

Na sexta-feira o Globo publicou em sua primeira página o seguinte:

Diretor de gestão corporativa da Empresa de Pesquisas Energéticas (EPE), estatal ligada ao Ministério de Minas e Energia, Ibanês César Cássel tem a Petrobras como cliente de sua empresa particular de eventos. Cássel é ligado à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, desde que ela foi secretária de Energia do Rio Grande do Sul. Sua empresa, a Capacità Eventos Ltda., assinou com a Petrobras, em 2008, dois contratos no valor total de R$ 538,755,65. Cássel está na EPE desde 2005, a convite da então ministra Dilma. Cássel disse que tem 1% de participação na Capacità. A mulher dele, Eliana Azeredo, é diretora-geral da empresa. Ontem, rumores acerca da publicação de reportagens sobre irregularidades na Petrobras derrubaram ações da companhia na Bovespa. A ação ordinária fechou em queda de 2,98%.

Depois de tomar conhecimento e, questionada sobre o noticiário que apontava a lucrativa parceria, Dilma Rousseff não viu nada demais. Acha que qualquer empresário pode fazer negócios com o governo a que pertence. Para justificar as relações perigosas, lembrou que dois ministros do governo Lula também confundiram a fronteira entre o público e o privado. Na cabeça de Dilma, a impunidade é o resultado da soma de muitos crimes.

Logo mais, pelas ondas da Band, ocorrerá o primeiro debate entre os dois candidatos à Presidência.Tomara que Dilma acuse José Serra de querer privatizar a Petrobras. Ouvirá que é impossível: já não pertence ao Estado o que é explorado por amigos dos donos do poder. Foi assim com a Casa Civil. Se Dilma for eleita, assim será com a Petrobras.
Augusto Nunes

9 de out de 2010

A diferença entre Serra e Dilma é de 7%, diz DataFolha

A primeira pesquisa de intenções de voto realizada durante o segundo turno da campanha presidencial mostra a candidata do PT com vantagem de sete pontos porcentuais sobre o seu adversário na disputa, José Serra (PSDB).

O mais recente levantamento realizado pelo Datafolha mostra a petista com 48% das intenções de voto, enquanto o tucano figura com 41%. A última mostra do instituto, divulgada no dia 2, apontava Dilma com 52% e Serra com 40% em um cenário de segundo turno.

O porcentual de votos brancos e nulos somou 4% e o dos eleitores que não sabem ou não responderam em quem vão votar ficou em 7%.

A pesquisa foi solicitada pelo jornal Folha de São Paulo e Rede Globo, e realizada em 8 de outubro com amostra de 3.265 eleitores em 201 cidades. Margem de erro: dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Registro: no TSE sob o nº 35.114/2010

8 de out de 2010

Paul McCartney - UP AND COMING TOUR, no Beira-Rio

Paul McCartney volta ao Brasil, após duas passagens pelo país em 1990 e 1993, como parte de sua turnê "Up and Coming". Desde o lançamento da turnê em março, o ex-Beatle já fez 25 shows na Europa e nos Estados Unidos para cerca de 500 mil pessoas. O repertório do show, com duração de cerca de 3 horas, privilegia hits dos Beatles, além de canções feitas por Paul para The Wings e sua carreira solo.

Os ingressos para o show, cujos valores variam entre R$ 140 e R$ 520, começaram a ser vendidos nesta quinta-feira em esquema de pré-venda. Este primeiro lote - destinados aos sócios do Inter e assinantes dos jornais do Grupo RBS - já está esgotado. Quem esteve na fila até a tarde desta quinta, recebeu senha e garantiu a compra dos bilhetes, de acordo com o site do clube.

Agora, as vendas serão feitas pelos site ingresso.com, call center e no Beira-Rio a partir deste sábado, às 8h.


5 de out de 2010

Petista violou dados de tucanos, diz Receita

Investigação da Receita Federal desmente o servidor petista Gilberto Souza Amarante, lotado em Formiga (MG), e afirma que ele acessou intencionalmente, sem motivação funcional, os dados fiscais do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, em 3 de abril de 2009. 'Os indícios encontrados não remetem a um acesso equivocado, mas sim a uma consulta direcionada', diz relatório assinado pela corregedoria na quinta-feira. Em cima disso, foi pedida a abertura de um processo disciplinar contra o funcionário, filiado ao PT desde 2001.

A apuração da Receita contradiz a versão de Amarante de que abriu os dados de Eduardo Jorge por 'confusão'. Ele alegou que buscava um 'homônimo' do dirigente tucano, mas a corregedoria descarta essa possibilidade. Segundo a investigação, o servidor violou os dados do tucano e, em 41 segundos, abriu informações, inclusive, sobre as empresas de Eduardo Jorge, acessando cerca de dez páginas cadastrais. 'Disso se conclui inicialmente que Gilberto Souza Amarante realizou pesquisa direcionada ao CPF ou ao nome de Eduardo Jorge Caldas Pereira', afirma o relatório da Receita.

De acordo com a investigação, ficou 'caracterizada a plausibilidade das denúncias, bem como por não se comprovar, nessa fase da investigação, motivação funcional para realização de tais acessos'. A corregedoria diz que não há nenhum documento ou elemento na Receita em Formiga que justifique a abertura dos dados do tucano.

Medida provisória

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou terça-feira (5/10) medida provisória (MP) que amplia a punição aos servidores que fizerem acesso ilegal aos dados dos contribuintes da Receita. A informação é do ministro da Fazenda, Guido Mantega. O objetivo é proteger o sigilo fiscal. A MP permitirá a demissão do servidor por justa causa por negligência ou empréstimo de senha.

A partir de agora, segundo o ministro, a Receita aceitará acesso a conta de terceiros somente com a apresentação de procuração feita em cartório. Atualmente esse acesso pode ser feito mediante procuração que a própria Receita dispõe e que permitiu a falsificação como nos casos do acesso ilegal de dados da filha e do genro do candidato à presidência da República José Serra (PSDB), em setembro e outubro do ano passado, em São Paulo.

O anúncio da MP coincide com a conclusão das investigações da Receita de que Amarante acessou, sem motivação funcional, os dados fiscais do vice-presidente do PSDB em 3 de abril de 2009. Mantega, porém, disse que a medida já vinha sendo maturada e que só agora terminaram os trâmites nos ministérios, para ser assinada pelo presidente. 'É uma alteração ao estatuto do servidor. Toda vez que houver irregularidades, vai ser punido com mais rigor' disse o ministro.

Demissão

Porém, ele afirmou que a MP não será aplicada aos dois funcionários do Serviço Federal de Processamento de Dado (Serpro) que foram devolvidos às suas instituições e à funcionária da Receita envolvidos nesses episódios. Segundo Mantega, os dois funcionários do Serpro podem ser demitidos, depois do período eleitoral, mediante enquadramento na legislação em vigor. E a servidora da Receita poderá responder a processo criminal.

fonte: Ag. Estado

3 de out de 2010

JOSÉ ANTONIO JUNIOR FROZZA PALADINI - O Catarina, ocupa vaga de Harter

Uma afirmação, 134 municípios compuseram a vitória de Catarina. Vitória que desbancou o veterano Nelson Harter do PMDB que ficou como 1º suplente de seu partido com 32.206 votos.

Com 99,99% dos votos apurados no Estado, Catarina tem 32.035 votos, 1.125 votos a mais que sua concorrente direta, Jussara Cony do PCdo B que  não alcança mais Catarina.

Parabéns Paladini, a justiça foi feita.

Fernando Marroni continuará em Brasília

Fernando Marroni confirma sua eleição à Câmara de Deputados com 87.103 votos. Ele ocupará a 8ª vaga do PT gaúcho em Brasília onde esteve no último ano ocupando a vaga como suplente.

Com sua eleição, abrem-se as portas dos petistas pelotenses às próximas eleições municipais, uma vez que os dois principais nomes do partido, Miriam e Fernando Marroni, foram eleitos para a Assembléia e Câmara respectivamente.

Miriam Marroni troca a câmara de vereadores por uma vaga na Assembléia

A ex-primeira dama de Pelotas Miriam Marroni, é a nova representante de Pelotas na Assembléia Legislativa do Estado. Com 100 % dos votos apurados, a candidata do PT é até  dona da 9ª cadeira do PT na Assembléia com  45.450 votos Miriam desbancou a atual primeira-dama Leila Fetter (PP), que ficou  como 3ª suplente do partido.  Com a eleição de Miriam, Beto da Z3 assumirá a partir de 1º de janeiro de 2011 a vaga deixada por ela na Câmara de vereadores de Pelotas.


Tarso Genro é o novo governador dos Gaúchos

Segundo estimativas, Tarso Genro (PT) é o novo governador do Rio Grande do Sul. Com 72,40% dos votos apurados, os petistas já comemoram a vitória no primeiro turno das eleições gaúchas.

Tarso tem no momento  2.473.867 votos, um percentual de 54,32 % dos votos apurados até agora,  enquanto o segundo mais votado, José Fogaça (PMDB) tem apenas  1.121.640 votos, ou seja, apenas 24,63 % da preferência dos eleitores.

Yeda Crusius tem 18,54 % e os demais candidatos com apenas 2,57% dos votos.

Candidatos ao governo do Estado Gaúcho

Já escolheu seu candidato?

AROLDO MEDINA
Número: 44
PRP

FOGAÇA
Número: 15
PMDB

HUMBERTO CARVALHO
Número: 21
PCB

JULIO FLORES
Número: 16
PSTU

MONTSERRAT MARTINS
Número: 43
PV

PEDRO RUAS
Número: 50
PSOL

SCHNEIDER
Número: 33
PMN

TARSO GENRO
Número: 13
PT

YEDA CRUSIUS
Número: 45
PSDB

Indeferido/inapto

PRTB
CLIQUE E IMPRIMA A COLA PARA NÃO ERRAR SEU VOTO
COLA

DEPUTADOS ESTADUAIS, FEDERAIS E SENADORES. CLIQUE AQUI

Senadores pelo RS


ABGAIL PEREIRA
Número: 651
PC DO B

ANA AMÉLIA LEMOS
Número: 111
PP


BERNA MENEZES
Número: 500
Psol

JOSE SCHINAIDER
Número: 333
PMN

PAIM
Número: 131
PT

PROF MARCOS MONTEIRO
Número: 430
PV

RIGOTTO
Número: 151
PMDB

ROBERTO GROSS
Número: 361
PTC

VERA GUASSO
Número: 161
PSTU
Retirou-se.
A executiva do Psol no Rio Grande do Sul anunciou na quinta-feira (23), a retirada da disputa ao Senado  do candidato Luiz Carlos Lucas, para abrir apoio a candidatura do senador petista Paulo Paim, que disputa a reeleição. Segue como candidata ao Senado pelo Psol Bernadete Menezes e a indicação da executiva é de que seus militantes deem o segundo voto a Paim. Eu não daria.

DEPUTADOS ESTADUAIS E FEDERAIS, CLIQUE AQUI

2 de out de 2010

Candidatos de Pelotas à Assembléia Legislativa

Confira o nome e número dos candidatos pelotenses que concorrem a uma vaga na Assembléia Legislativa:
<><>
<>
<><>
CATARINA
Número: 40040

PSB

DIONE MANETTI
Número: 13222
PT
EDUARDO LEITE

Número: 45045

PSDB

LEILA FETTER
Número: 11800
PP

MIRIAM MARRONI
Número: 13631
PT

MILTON MARTINS - MILTINHO
Número: 13611
PT

NELSON HARTER >>
Número: 15602
PMDB

OTAVIO SOARES >>
Número: 12620
PDT

FABIO ALBUQUERQUE
Número: 23111
PPS
Surdina

Número 25200

DEM