Pesquisa personalizada

11 de mai de 2009

Prefeitura nega aumento ao funcionalismo

Para o secretário municipal de Governo, Abel Dourado, membro da comissão de negociação do Executivo junto com o secretário de Administração e Finanças, Sérgio Lopes, e o procurador geral do Município, Saad Amin Salim, a proposta do Simp, ainda que uma aspiração legítima, é irreal e totalmente fora de questão. As propostas do Simp, que reivindica 12,6% de reposição salarial, 5% de aumento real e R$ 50,00 no vale-alimentação, passando de R$ 80,00 para R$ 130,00, implicariam “rombo” de R$ 29 milhões no Orçamento da prefeitura.
.
Em função disso, a prefeitura busca alternativa – no contexto do seu orçamento – para conceder reajuste que reponha a inflação do período.
.
A prefeitura também disse não a aprovação imediata das alterações no Estatuto do Servidor e implementação do Plano de Carreira.
.
Em resumo, os servidores municipais devem receber de reajuste o índice da inflação, e nada mais. Aqueles que pensavam que poderia ter efetivamente ganhos reais, o que não ocorre há muitos anos, podem perder as esperanças.
.
Ao longo dos anos o funcionalismo vêm sofrendo com a falta de reajustes que lhes permitam obter um ganho real em seus salários, alguns níveis do funcionalismo tem seus sálarios inferiores ao salário mínimo, o que obriga ao executivo pagar uma complementação salárial para igualar ao mínimo. Esses servidores recebem os reajustes sobre o salário base, como os últimos reajustes foram calculados pelo INPC, o base recebe a complementação até o limite do mínimo nacional, o que cria uma falsa vinculação ao aumento do salário mínimo.
.
Na verdade o que o funcionalismo quer, não é nada de absurdo, nada de irreal, o funcionalismo quer ser valorizado. Mas isto não passa pela cabeça dos administradores quando fazem a projeção do orçamento da prefeitura, eles esquecem do funcionalismo na hora de fazer a previsão orçamentária. Este ano a prefeitura encontrou na crise global a desculpa perfeita, e mais uma vez as promessas de campanha não são honradas.

Um comentário:

Anônimo disse...

Nossa como eles conseguem inverter tudo. para a população o servidor está querendo quebrar a prefeitura.
mas o servidor já está quebrado. vive esmolando hora-extra pra poder aumentar os ganhos. e agora nem isso eles pagam mais. dizem que vai criar um rombo. e rombo que eles abriram, nós é que vamos tapar, deixando de receber um aumento justo.