Pesquisa personalizada

30 de mar de 2010

Fortunati é o novo prefeito de Porto Alegre

A Câmara Municipal de Porto Alegre empossou na tarde desta terça-feira José Fortunati como prefeito da Capital. A cerimônia ocorreu no Plenário Otávio Rocha do Palácio Aloísio Filho. Fortunati assume o lugar de José Fogaça, que renunciou ao cargo na segunda-feira para concorrer ao governo do Estado pelo PMDB.

Durante o discurso, Fortunati lembrou o ex-vice-prefeito de Porto Alegre Eliseu Santos, que morreu assassinado, em fevereiro: “Queria lembrar esse grande gesto desse grande homem, que abriu mão de ser vice-prefeito para deixar que o PDT entrasse, através de minha pessoa, na prefeitura”. O prefeito pediu também um minuto de silêncio em homenagem ao ex-deputado federal Matheus Schmidt, morto no sábado.

“Este é o momento mais tocante da minha vida política”, ressaltou Fortunati ao lembrar momentos importantes de sua carreira política. Ele destacou também que faz política com a defesa de ideias “na construção de relações pessoais que são muito importantes”. Na ocasião, ele anunciou João Antônio Dib como líder do governo na Câmara. Fortunati também confirmou os nomes de Valter Nagelstein como titular da Secretaria de Indústria e Comércio (Smic) e de João Pancinha como presidente da Carris.

Fogaça disse ontem, em cerimônia no Paço Municipal, que Fortunati é um gestor capaz de assumir a prefeitura sem gerar prejuízos à população. (fonte Correio do Povo)

Prefeitura de Pelotas convoca aprovados em concurso

brasao_pelotas_p

A Secretaria Municipal de Administração e Finanças (SAF), conforme decreto nº 124 de 30 de março de 2010, informa que a partir desta quarta-feira (31) estão nomeados os candidatos aprovados em vários cargos, conforme lista abaixo.

 

Professor

338º Suzana Vilela Martins
339º Rosana Felix Azevedo
340º Rosimeri Osorio Martins
341º Melina Victoria Pinto da Silva
342º Rosangela Baschi Oliveira

Professor Educação Infantil 

024º Flora Inacia Ramos Bilhalva

Professor II Matemática

048º Marcia da Silva Duarte

Professor II Ciências

043º Marta Regina Moreira

Professor II Português

044º Lucieli Roloff

Professor II Educação Física 

055º Carla Ferreira Lopes

Nutricionista

005º Cristiane Iunes Raimann

Assistente Social

012º Catia Sinara da Silva Tavares

Bibliotecário

003º Raquel do Prado Fontoura
004º Janine Rodrigues Nunes
005º Katiussa Nunes Bueno

Agente de Tributos

013º Gustavo Martins Baini

 

Agente Administrativo

261º Antonio Gabriel Vergara
262º Angela Conceicao Correa
263º Franciane Canez Cardoso
264º Aline Silveira de Souza
265º Juliana Lombarde da Silva
266º Vanderleia Wilke Raddatz
267º Graciela Esteves Barbieri – nomeado afro-descendente edital n° 022/08
268º Daniele Rodrigues Tavares
269º Mauro Hamilton Cardoso dos Santos
270º Renata Campos Almeida
271º Anelise de Farias Milech
272º Nara Cristina Fernandes Almeida
273º Anderson dos Santos Nunes
274º Alex Sandro Belmudes
275º Lidiana da Costa Cardozo
276º Janaina Vieira Corvello
277º Helen Vanessa do Evangelho Fernandes
278º Gilson Pereira Araujo
279º Maicon Pires Oliveira
280º Marcio Eli de Oliveira Campelo
281º Charlene Brum Del Puerto
282º Luis Carlos Nunes Rodrigues Junior - nomeado afro-descendente edital n° 022/08
283º Pedro Luiz Coimbra Reis
284º Fabiano Andrei dos Santos Oliveira
285º Clarissa Leite de Oliveira
286º Luciana de Souza Teixeira

 Telefonista

009º Maribela Miritz Bartz

 Motorista

062º Valnei Stocker Nornberg
063º Luis Henrique Campbel Pereira

Os nominados acima deverão comparecer na SAF localizada na rua Barão de Santa Tecla, 516, no horário das 12h30 às 18h30 de segunda-feira a sexta-feira, para encaminhamento da avaliação psicológica e exames médicos de saúde ocupacional, munidos dos documentos nescessários, conforme edital.

27 de mar de 2010

Quem deve sair do BBB10 - Dicesar ou Dourado?

 Dicesar, 44 anos, paulista.


Marcelo Dourado, 37 anos, gaúcho.

Monopolizando os debates na internet, o BBB 10 da rede Globo de televisão, ganhou tanto em audiência que apenas a receita deste último paredão, daria para pagar o prêmio de R$ 1,5 milhão para cada um dos dois infelizes emparedados. Um gay assumido, outro um lutador. Conteúdo zero, mas receita no bolso faz bem para qualquer um. E aí? Quem sai? Uma coisa é certa, todos eles vai sair. Outra solução é desligar a TV ou trocar de canal.

Isso me remete a outra briga que vem por aí, e nessa quem ficar  teremos que aturar por quatro anos.


Anna Maria 

 

São 20h30 – Apague a luz – é a Hora do Planeta

e01_18679609 copy
e23_18738373  Ainda há uma esperança!
e07_18723803
Tome uma atitude!
e32_18492903 Antes que seja tarde!
vela_horadoplaneta_28980 copy



O Planeta agradece!

Pesquisa Datafolha aponta vantagem tucana

11_MHG_pais_dilma-serra

Pesquisa Datafolha publicada na edição da Folha deste sábado aponta uma vantagem do pré-candidato à Presidência do PSDB, José Serra, de nove pontos sobre Dilma Rousseff (PT). O tucano tem 36% e a petista 27% das intenções de voto. 

Na pesquisa realizada em fevereiro, Serra tinha 32% e Dilma 28%.

Ciro Gomes (PSB) ficou com 11% (tinha 12% em fevereiro). Marina Silva (PV) está estacionada e manteve os 8% obtidos no mês passado.

Em um eventual segundo turno, o tucano venceria a petista por 48% contra 39%.

A pesquisa, registrada sob o número 6617/2010, foi realizada nos dias 25 e 26 com 4.158 eleitores. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

As expectativas petistas de ter sua candidata figurando na primeira posição foi por água a baixo. Tudo indica que Dilma é extremamente dependente de Lula, bastou Serra acenar com uma pré-candidatura, para o entusiasmo petista e sua PAC-dependência ruírem. A briga vai ser acirrada. Vamos ver até que ponto avança Dilma sem seu cabo-eleitoral barbudo.

Uma coisa é certa, o PT não medirá esforços tão pouco despesas para ver sua candidata encabeçando a disputa. Para tanto já providenciou um salário de R$ 17,8 mil para Dilma, R$ 55 mil para cinco assessores, R$ 12 mil mensais  para alugar uma casa para Dilma e R$ 30 mil para pagar o aluguel do comitê de campanha. Dilma ainda contará com aluguel de carros e jatinhos pagos pelo PT, sob as ordens financeira de João Vaccari Neto, aquele da Bancoop.

23 de mar de 2010

As mentiras do PAC

aroeira copy

Deu no Estado de São Paulo: Relatórios estaduais divulgados na sexta-feira, 19, pelo comitê gestor do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) revelam que dos 12.163 empreendimentos do principal projeto de desenvolvimento do governo, 54% delas não saíram do papel e apenas 1.378 foram concluídos depois de três anos de implantação. De acordo com a ONG Contas Abertas, que fez a análise dos números, isso mostra que apenas 11,3% das obras terminaram.

Pelo levantamento feito, 46% das ações do programa estão em andamento ou já foram entregues, desde que o PAC foi lançado em 2007. Não foram medidas as ações em Goiás, Piauí e Rondônia, que deixaram de entregar os relatórios.

A metodologia de divulgação dos números usada pela Casa Civil nas cerimônias de balanço oficial tem excluído as áreas de saneamento e habitação. Mesmo assim, os 10.821 empreendimentos dos dois setores estão previstos no orçamento total do PAC, que é de R$ 638 bilhões a serem aplicados entre 2007 e 2010. De acordo com a ONG, tiradas as duas áreas, cerca de 31% das obras teriam sido concluídas. ( Leia Mais )

E agora que mente? Dona Dilma tem inaugurado obras pelo Brasil afora, algumas delas não foram dadas como prontas, mas mesmo assim foram usadas na campanha descarada do Planalto  em favor da candidata de Lula. O mãe do PAC tem um filho sem DNA confirmado que os petistas juram que o pai é o Lula.

22 de mar de 2010

Concurso público para a ANEEL

 

9821  

Começou hoje as inscrições do concurso público para a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL - www.aneel.gov.br), através da Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Universidade de Brasília (Cespe/Unb). O certame é  para provimento de vagas para os cargos de Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia, de Analista Administrativo e de Técnico Administrativo do Quadro Efetivo de Pessoal da ANEEL.

As inscrições deverão ser realizadas no período de 22 de março de 2010 a 12 de abril de 2010, via Internet, no endereço eletrônico www.cespe.unb.br.

O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 50,00, R$ 80,00 e R$ 85,00, de acordo com os cargos e os níveis de escolaridade exigido pelos mesmos.

 

Os locais e os horários de realização das provas  serão publicados no Diário Oficial da União e divulgados na Internet, no endereço eletrônico da empresa organizadora do concurso público, na data provável de 5 de maio de 2010.

As provas serão realizadas em várias cidades do Brasil e as vagas são exclusivas para a cidade de Brasília - DF.

 

O prazo de validade do concurso será de dois anos, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final do concurso público, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

IBGE – últimas semanas

9302

Apenas duas semanas! Não perca tempo!

Este é prazo para inscrições na Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE - www.ibge.gov.br), para o Processo Seletivo Simplificado mediante contrato com a Fundação Cesgranrio. O Processo Seletivo Simplificado é destinado a selecionar 191.972 candidatos para a função de Recenseador (Nível Fundamental), para contratação temporária de pessoal para a realização do Censo Demográfico 2010.

  • As inscrições serão efetuadas,  até às 23h59 do dia 4 de abril de 2010, através do endereço eletrônico da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br), observado o horário oficial de Brasília-DF.
  • Para os candidatos que pretendem se inscrever nos Postos de Inscrição o período será de até a próxima quinta-feira, 25 de março de 2010.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 18,00, devendo o candidato imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento da taxa de inscrição em qualquer banco até a data de vencimento constante no mesmo. (Os pedidos de isenção encerraram em 04 de março)

A partir do dia 18 de maio de 2010, no endereço eletrônico da Fundação Cesgranrio, o candidato deverá verificar a Confirmação de Inscrição e imprimi-la.

O Processo Seletivo Simplificado consistirá de Provas Objetivas de caráter eliminatório e classificatório e Treinamento de caráter eliminatório.

  • Os candidatos inscritos prestarão as provas nos municípios designados como polos de provas, com data inicialmente prevista para 30 de maio de 2010, das 13h00 às 17h00 (considerando-se o horário de Brasília).

O prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado será de 2 anos, contados a partir da data da divulgação dos resultados finais.

Corsan abre nesta terça-feira inscrições para concurso público

topo_index_yeda

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) abre nesta terça-feira (23) as inscrições para provimento de 12 cargos por concurso público. No total serão 28 vagas para os empregos de Engenheiro Ambiental (2); Engenheiro de Automação (2); Engenheiro Cartográfico (1); Engenheiro Civil (10); Engenheiro Eletricista (1); Engenheiro Eletrônico (1); Engenheiro Mecânico (2); Engenheiro Químico (4); Geógrafo (2); Jornalista (1); Médico do Trabalho (1); Técnico em Enfermagem do Trabalho (1).


As inscrições serão realizadas pela internet no site da Fundação de Desenvolvimento de Recursos Humanos (www.fdrh.rs.gov.br) de 23 de março a 6 de abril. Os salários e carga horária semanal são as seguintes:

Engenheiros - R$ 4.335,00 (40 horas);

Geógrafo e Jornalista - R$ 2.539,26 (40 horas);

Médico do Trabalho - R$ 2.112,99 (20 horas);

Técnico em Enfermagem do Trabalho - R$ 1.767,35 (40 horas).

A empresa mantém convênio de assistência médica com o IPE e fornece auxílio alimentação no valor de R$ 540,80.

O edital de concursos 01/2010, na sua íntegra, estará disponibilizado nos sites www.fdrh.rs.gov.br e www.corsan.com.br

21 de mar de 2010

Lobão empata em Porto Alegre

Confira a classificação do Gauchão 2010:

 

Classificação da chave 11

 

Equipes

Pontos

Jogos

Vit

Emp

Der

G P

G C

S G

Caxias

10

4

3

1

0

7

4

3

Internacional

8

4

2

2

0

8

4

4

E.C. São José

7

4

2

1

1

10

7

3

São Luiz

4

4

1

1

2

7

7

0

Pelotas

4

4

1

1

2

8

9

-1

Universidade

4

4

1

1

2

6

8

-2

Santa Cruz

3

4

0

3

1

7

10

-3

Veranópolis

2

4

0

2

2

6

10

-4

 

Classificação da chave 10

Equipes

Pontos

Jogos

Vit

Emp

Der

G P

G C

S G

Gremio

12

4

4

0

0

10

2

8

Novo Hamburgo

12

4

4

0

0

11

4

7

Juventude

5

4

1

2

1

7

7

0

Esportivo

4

4

1

1

2

7

9

-2

Ypiranga

4

4

1

1

2

7

11

-4

Porto Alegre

3

4

1

0

3

8

9

-1

Avenida

3

4

1

0

3

8

10

-2

Inter/SM

3

4

1

0

3

5

11

-6

normal_342010

Felipe Ruas/para Imagens&Fatos

Deputados com ocorrências na Justiça e TCU – Ficha Suja

camara2

Ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas
As informações sobre ocorrências nas Justiças estaduais e nos Tribunais de Contas dependem da disponibilidade de dados em cada Corte, havendo grande disparidade de estado a estado. Por isso, pode acontecer eventual ausência de menção a processo em que algum parlamentar é réu. Processos que correm em primeira instância só são incluídos quando movidos pelo Ministério Público ou outros órgãos públicos. Processos movidos por outras partes só são assinalados quando já existe decisão desfavorável ao parlamentar. No caso de contas de campanha rejeitadas, todas as decisões são assinaladas aqui (desde que o político não tenha obtido a anulação da decisão), mesmo que o parlamentar tenha corrigido o problema (no caso de erros meramente formais, por exemplo). São anotadas ocorrências relativas a homicídio, estupro e pedofilia, mas não são incluídos outros litígios de natureza privada (como disputas por pensão alimentícia), nem queixas relacionadas a crimes contra a honra (porque políticos são freqüentemente alvo desse tipo de processo). Por fim, assinala-se aqui a inscrição do parlamentar na dívida ativa previdenciária e na lista de autuados por exploração do trabalho escravo.
Os dados foram extraídos do site  www.excelencias.org.br
Confira se seu deputado está na lista e repense seu voto.
*Clique no nome do deputado e tenha acesso às informações do STJ e TCU
Abelardo Camarinha (PSB/SP)
Abelardo Lupion (DEM/PR)
Acélio Casagrande (PMDB/SC)
Ademir Camilo (PDT/MG)
Aelton Freitas (PR/MG)
Affonso Camargo (PSDB/PR)
Albano Franco (PSDB/SE)
Alberto Fraga (DEM/DF)
Alceni Guerra (DEM/PR)
Alexandre Silveira (PPS/MG)
Alfredo Kaefer (PSDB/PR)
Alice Portugal (PC do B/BA)
Aline Corrêa (PP/SP)
Andre Vargas (PT/PR)
Andre Zacharow (PMDB/PR)
Angela Amin (PP/SC)
Aníbal Gomes (PMDB/CE)
Anselmo de Jesus (PT/RO)
Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB/SP)
Antonio Carlos Pannunzio (PSDB/SP)
Antonio Palocci (PT/SP)
Armando Abílio (PTB/PB)
Armando Monteiro (PTB/PE)
Arnaldo Vianna (PDT/RJ)
Arnon Bezerra (PTB/CE)
Asdrubal Bentes (PMDB/PA)
Augusto Carvalho (PPS/DF)
Augusto Farias (PTB/AL)
Betinho Rosado (DEM/RN)
Beto Albuquerque (PSB/RS)
Beto Mansur (PP/SP)
Bonifácio de Andrada (PSDB/MG)
Camilo Cola (PMDB/ES)
Carlos Alberto Canuto (PSC/AL)
Carlos Alberto Leréia (PSDB/GO)
Carlos Bezerra (PMDB/MT)
Carlos Brandão (PSDB/MA)
Carlos Melles (DEM/MG)
Carlos Willian (PTC/MG)
Cassio Taniguchi (DEM/PR)
Celso Maldaner (PMDB/SC)
Celso Russomanno (PP/SP)
Charles Lucena (PTB/PE)
Ciro Nogueira (PP/PI)
Cleber Verde (PRB/MA)
Clóvis Fecury (DEM/MA)
Colbert Martins (PMDB/BA)
Dagoberto (PDT/MS)
Fernando Marroni (PT/RS)
Fernando Melo (PT/AC)
Flaviano Melo (PMDB/AC)
Francisco Rodrigues (DEM/RR)
Francisco Rossi (PMDB/SP)
Francisco Tenorio (PMN/AL)
Geraldo Pudim (PR/RJ)
Geraldo Simões (PT/BA)
Gervásio Silva (PSDB/SC)
Giacobo (PR/PR)
Gladson Cameli (PP/AC)
Guilherme Campos (DEM/SP)
Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN)
Henrique Fontana (PT/RS)
Hugo Leal (PSC/RJ)
Íris de Araújo (PMDB/GO)
Íris Simões (PR/PR)
Jackson Barreto (PMDB/SE)
Jader Barbalho (PMDB/PA)
Jairo Ataide (DEM/MG)
Janete Capiberibe (PSB/AP)
Jefferson Campos (PSB/SP)
Jerônimo Reis (DEM/SE)
João Magalhães (PMDB/MG)
João Matos (PMDB/SC)
João Oliveira (DEM/TO)
Dalva Figueiredo (PT/AP)
Darcísio Perondi (PMDB/RS)
Décio Lima (PT/SC)
Dilceu Sperafico (PP/PR)
Domingos Dutra (PT/MA)
Edinho Bez (PMDB/SC)
Edmar Moreira (PR/MG)
Edson Ezequiel (PMDB/RJ)
Eduardo Cunha (PMDB/RJ)
Eduardo Gomes (PSDB/TO)
Eduardo Sciarra (DEM/PR)
Eliene Lima (PP/MT)
Eliseu Padilha (PMDB/RS)
Elismar Prado (PT/MG)
Emanuel Fernandes (PSDB/SP)
Ernandes Amorim (PTB/RO)
Eugênio Rabelo (PP/CE)
Eunício Oliveira (PMDB/CE)
Fábio Faria (PMN/RN)
Fernando Coruja (PPS/SC)
Fernando de Fabinho (DEM/BA)
Fernando Gonçalves (PTB/RJ)
Fernando Lopes (PMDB/RJ)
João Paulo Cunha (PT/SP)
João Pizzolatti (PP/SC)
Joaquim Beltrão (PMDB/AL)
Jofran Frejat (PR/DF)
Jorge Boeira (PT/SC)
Jorginho Maluly (DEM/SP)
José Airton Cirilo (PT/CE)
José Carlos Machado (DEM/SE)
José Carlos Vieira (PR/SC)
José Fernando Aparecido de Oliveira (PV/MG)
José Genoíno (PT/SP)
José Guimarães (PT/CE)
José Linhares (PP/CE)
José Maia Filho (DEM/PI)
José Mendonça Bezerra (DEM/PE)
José Mentor (PT/SP)
José Otávio Germano (PP/RS)
Joseph Bandeira (PT/BA)
Jovair Arantes (PTB/GO)
Julião Amin (PDT/MA)
Júlio Cesar (DEM/PI)
Julio Semeghini (PSDB/SP)
Jurandil Juarez (PMDB/AP)
Laerte Bessa (PSC/DF)
Laurez Moreira (PSB/TO)
Leandro Sampaio (PPS/RJ)
Leandro Vilela (PMDB/GO)
Leo Alcântara (PR/CE)
Lindomar Garçon (PV/RO)
Lira Maia (DEM/PA)
Luiz Bittencourt (PMDB/GO)
Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB/ES)
Luiza Erundina (PSB/SP)
Lupércio Ramos (PMDB/AM)
Manoel Junior (PMDB/PB)
Manoel Salviano (PSDB/CE)
Marçal Filho (PMDB/MS)
Marcelo Melo (PMDB/GO)
Marcelo Ortiz (PV/SP)
Marcelo Teixeira (PR/CE)
Márcio França (PSB/SP)
Marcio Junqueira (DEM/RR)
Marcos Medrado (PDT/BA)
Marcos Montes (DEM/MG)
Maurício Quintella Lessa (PR/AL)
Maurício Trindade (PR/BA)
Mauro Nazif (PSB/RO)
Michel Temer (PMDB/SP)
Moises Avelino (PMDB/TO)
Natan Donadon (PMDB/RO)
Nazareno Fonteles (PT/PI)
Nelson Bornier (PMDB/RJ)
Nelson Goetten (PR/SC)
Nelson Trad (PMDB/MS)
Neudo Campos (PP/RR)
Nilmar Ruiz (PR/TO)
Odílio Balbinotti (PMDB/PR)
Olavo Calheiros (PMDB/AL)
Osvaldo Reis (PMDB/TO)
Pastor Pedro Ribeiro (PR/CE)
Paulo Magalhães (DEM/BA)
Paulo Maluf (PP/SP)
Paulo Pereira da Silva (PDT/SP)
Paulo Rattes (PMDB/RJ)
Paulo Rocha (PT/PA)
Pedro Eugênio (PT/PE)
Pedro Henry (PP/MT)
Pedro Wilson (PT/GO)
Pinto Itamaraty (PSDB/MA)
Pompeo de Mattos (PDT/RS)
Professor Ruy Pauletti (PSDB/RS)
Professora Raquel Teixeira (PSDB/GO)
Raul Jungmann (PPS/PE)
Rebecca Garcia (PP/AM)
Renato Amary (PSDB/SP)
Renato Molling (PP/RS)
Roberto Balestra (PP/GO)
Roberto Britto (PP/BA)
Roberto Rocha (PSDB/MA)
Rogerio Lisboa (DEM/RJ)
Rogério Marinho (PSDB/RN)
Rômulo Gouveia (PSDB/PB)
Sabino Castelo Branco (PTB/AM)
Sebastião Bala Rocha (PDT/AP)
Sérgio Moraes (PTB/RS)
Sergio Petecão (PMN/AC)
Silas Brasileiro (PMDB/MG)
Silas Câmara (PSC/AM)
Silvio Lopes (PSDB/RJ)
Silvio Torres (PSDB/SP)
Simão Sessim (PP/RJ)
Solange Almeida (PMDB/RJ)
Sueli Vidigal (PDT/ES)
Takayama (PSC/PR)
Tatico (PTB/GO)
Thelma de Oliveira (PSDB/MT)
Tonha Magalhães (PR/BA)
Uldurico Pinto (PHS/BA)
Urzeni Rocha (PSDB/RR)
Vadão Gomes (PP/SP)
Valdemar Costa Neto (PR/SP)
Vander Loubet (PT/MS)
Vic Pires Franco (DEM/PA)
Vicentinho Alves (PR/TO)
Vital do Rêgo Filho (PMDB/PB)
Vitor Penido (DEM/MG)
Walter Ihoshi (DEM/SP)
Wellington Roberto (PR/PB)
Wilson Picler (PDT/PR)
Wladimir Costa (PMDB/PA)
Zé Gerardo (PMDB/CE)
Zé Vieira (PR/MA)

Consulta paga, meio caminho para sonegação.

Cliente de certo cardiologista famoso de Pelotas quase enfartou ao saber que a consulta no valor de R$ 200,00 teria um acréscimo de 40% em função do recibo de consulta.

Prática comum no meio, a cobrança do recibo é ilegal e está diretamente ligada à sonegação fiscal.

Todo o cliente (paciente) tem direito a receber um orçamento prévio do serviço que será prestado e dele devem constar: o valor dos honorários; o preço dos materiais a serem empregados; as condições de pagamento (ou seja: se é à vista, parcelado, com ou sem entrada etc.); as datas de início e término do serviço ou a previsão da necessidade de sua continuidade; e o prazo de validade do orçamento. Se o orçamento não falar do prazo de validade, ele valerá por dez dias. Após a sua aprovação, não pode ser alterado. Além disto, todo pagamento deve ser feito contra a entrega de recibo. Este tem que ser discriminado, apresentando separadamente honorários médicos, honorários de outros profissionais, despesas de estada, uso de equipamentos, gastos com medicamentos etc...

Lembramos aos profissionais da área  que não emitir comprovantes ou não declarar o pagamento por procedimentos de saúde se configura crime contra a ordem tributária. A pena para este tipo de crime é de 2 a 5 anos de prisão e mais uma multa. Cobrar a mais do que foi contratado configura em prática abusiva prevista na Lei 8078 - art. 39º inciso "X".

Não esqueça disso doutor, seu próximo paciente pode não ser tão bonzinho assim.

18 de mar de 2010

Celulares podem ser desbloqueados sem multa

O conselho diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) decidiu nesta quinta-feira,  por unanimidade, que o desbloqueio de celular é direito de todo cliente e poderá ser feito a qualquer momento, sem cobrança de multa. A medida permite que um BXK4818_celular800aparelho seja usado com chips de várias operadoras.

Conforme a decisão da Anatel, todos os clientes de celulares pós-pagos comprados de forma subsidiada também terão direito ao desbloqueio. Contudo, deverão continuar com a empresa por 12 meses. A decisão passará a valer a partir da sua publicação no Diário Oficial da União, que está prevista para a próxima semana.

Bom Dia

Elis Regina - Águas de Março

Cuba reprime com violência manifestação das “Damas de Branco”

cuba_rolandopujol_efe

A polícia cubana prendeu, nesta quarta-feira, cerca de 30 mães e esposas de dissidentes políticos que participavam de uma manifestação na capital do país, Havana.  O grupo intitulado 'Damas de Branco', cobra do governo da Ilha, a libertação de cerca de 50 prisioneiros de consciência que  estão presos desde 2003 nas prisões degradantes do estado assassino dos Castros.

A mãe de Orlando Zapata Tamayo, o primeiro ativista que morreu em decorrência de uma greve de fome, participava da manifestação. O caso de Zapata gerou críticas internacionais ao regime cubano e apelos pela libertação de dissidentes. A morte do dissidente coincidiu com a chegada de Lula à ilha, que declarou em entrevista que não poderia contrariar as decisões do governo cubano.

A organização de defesa dos direitos humanos Anistia Internacional (AI) pediu ao governo de Cuba que liberte o que classifica como "prisioneiros de consciência" - pessoas que são perseguidas por motivos como raça, cor, religião, orientação sexual ou crenças, entre outros, desde que não tenham usado violência.

 

A organização pede ao governo cubano que revogue leis que restrinjam a liberdade de expressão, o direito de associação e pede a libertação de todos os dissidentes detidos injustamente pelas autoridades.

A AI ainda pediu ao presidente cubano, Raúl Castro, que permita a entrada de organizações independentes para monitorar a situação dos direitos humanos no país e convide especialistas da ONU para visitar Cuba.

O pedido foi feito no sétimo aniversário da prisão de 75 dissidentes cubanos por volta de 18 de março de 2003. Desses, 53 continuam detidos. O governo de Cuba vê os dissidentes como "mercenários" que trabalham para os Estados Unidos.

farinas-efe

O jornalista Guillermo Fariñas, em greve de fome a três semanas, pede a libertação dos 26 prisioneiros políticos mais vulneráveis do regime.

Ele afirma que não está tentando derrubar o governo ou buscar maior liberdade de expressão no país.

O governo, no entanto, respondeu que não vai ceder ao que chamou de "chantagem".

O jornal oficial cubano Granma afirmou que a mídia ocidental está "chamando a atenção para uma mentira pré-fabricada" ao reportar o caso, e que não vai aceitar pressão ou chantagem.

Fariñas disse  hoje que teme pela integridade física do cantor Pablo Milanes, depois da declarações do cantor sobre culpar Fidel por uma possível morte da oposição.

17 de mar de 2010

Bom Dia!


Wania Brauner, 10º Piano Class in Concert - Especial em 23/10/2009 na Fábrica Cultural em Pelotas, apresentando Isoldens Liebestod - Morte de Amor de Isolda, da ópera Tristão e Isolda de Wagner, transcrito para piano solo por Franz Liszt.

15 de mar de 2010

Falta de acesso à água potável mata 1,5 milhão de crianças no mundo, diz OMS

O mundo deverá alcançar o Objetivo do Milênio de reduzir pela metade o número de pessoas sem acesso à água potável. A cinco anos do prazo para a meta, que vence em 2015, 87% da população mundial dispõem de fontes de abastecimento de água potável, de acordo com o relatório divulgado nesta segunda-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

.

Apesar do avanço em relação ao acesso à água potável, os números sobre o saneamento básico ainda são ruins. Mais de 2,6 milhões pessoas – 39% da população mundial – continuam sem esse serviço. De acordo com o documento, o problema ainda mata anualmente 1,5 milhão de crianças de até cinco anos. As crianças e mulheres, segundo a OMS/Unicef são as mais atingidas pelas dificuldades no acesso á água e à falta de saneamento básico

O estudo monitorou dados de 209 países. Em algumas regiões, houve mais avanços, como no Sudeste da Ásia. O relatório cita, por exemplo, que defecar ao ar livre caiu consideravelmente no continente.

 

Em todo o mundo, essa prática diminuiu de 25%, em 1990, para 17% em 2008, o que significa que 168 milhões passaram a ter acesso a sanitários.

As populações rurais também são consideradas mais vulneráveis ao problema. Segundo o informe, sete em cada dez pessoas sem serviços de saneamento e mais de oito de cada dez sem acesso à água potável vivem em zonas rurais.

O documento cobra ações imediatas das instâncias governamentais e não governamentais para acelerar o acesso à água potável e garantir condições de saneamento a todas as populações do mundo. (fonte Ag.Brasil)

Em nossa cidade a realidade é diferente, em torno de 40% da água tratada pelo serviço  de saneamento volta à natureza através das centenas de vazamentos espalhados pela cidade (foto).P1010004

14 de mar de 2010

Will Power vence Indy 300 em São Paulo

CNT_EXT_276511

Após forte chuva que desabou sobre o Anhembi e uma paralisação de mais de 40 minutos, o piloto australiano Will Power, da Penske, foi o mais rápido no final da corrida e ainda contou com a sorte para garantir a vitória na São Paulo Indy 300.

Em segundo lugar ficou o americano Ryan Hunter-Reay, da Andretti Autosport. O brasileiro Vitor Meira, da AJ Foyt, desbancou vários favoritos e completou o pódio, chegando em terceiro lugar.

Outro brasileiro, o piloto Rafael Matos, da equipe Luczo Dragon, ficou em quarto.

 

MarioMoraes_KV_MarcoAndretti_Andretti_SaoPaulo_14032010_PauloLiebert_AE_600

A São Paulo Indy 500 começou com uma série de batidas logo na curva do Samba. O piloto Takuma Sato se enroscou com Helio Castroneves na entrada da curva, dificultando a passagem dos carros. A confusão, com direito a uma densa fumaça preta, acabou causando o acidente em que o carro do brasileiro Mario Moraes ficou sobre o de Andretti.

O choque forçou a primeira bandeira amarela da corrida, que durou sete voltas. No retorno, o escocês Dario Franchitti, da Chip Ganassi, que era o pole position, liderava a prova, seguido de Alex Tagliani, da Fazzt Race Team. Kanaan seguia em quarto e Rafael Matos, o quinto. Por causa da confusão, o outro brasileiro favorito, Helio Castroneves caiu para a 18º colocação.

Na 24ª volta, nuvens pesadas começaram a rondar o circuito e as equipes se prepararam para a chuva, providenciando a troca para os pneus duros. Mas a força do temporal impediu que a corrida continuasse e, na 29ª volta os dirigentes da Indy decidiram pela bandeira vermelha, paralisando a prova.

 

Os carros foram para os boxes, mas pelo regulamento não é permitido fazer qualquer mudança ou reparo. Após 45 minutos de paralisação, os pilotos voltaram para a pista parcialmente seca, daí em diante a corrida ganhou em emoção, com constantes trocas de posições nas primeiras colocações nos últimos 40 minutos de prova. Faltando 22 minutos para acabar, o piloto brasileiro Mario Romancini bateu e abandonou.

Na frente, Ryan Briscoe, da Penske, e Hunter-Reay brigavam pela primeira colocação. Mas Briscoe bateu sozinho faltando poucos minutos para o fim. No entanto, quem acabou se beneficiando foi Will Power, que ficou com a liderança até receber a bandeirada final.

PLT_FT2_66 Vitor Meira, 3º colocado.

Confira a classificação final da SP Indy 300:

1° - Will Power (AUS/Penske), 2h00min58s ( 61 voltas)
2° - Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti), a 1s8581
3° - Vitor Meira (BRA/A.J.Foyt), a 9s7094
4° - Raphael Matos (BRA/De Ferran Luczo Fragon), a 10s4235
5° - Dan Wheldon (ING/Panther), a 10s8883
6° - Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi), a 11s3473
7° - Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi), a 12s0579
8° - Mike Conway (ING/Dreyer & Reinbold), a 12s1654
9° - Helio Castro Neves (BRA/Penske), a 12s7411
10° - Tony Kanaan (BRA/Andretti), a 13s4850
11° - Justin Wilson (ING/Dreyer & Reinbold), a 13s9193
12° - Ernesto Viso (VEN/KV), a 16s9039

13° - Bia Figueiredo (BRA/Dreyer & Reinbold), a 19s6451
14° - Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 1min14s9191
15° - Danica Patrick (EUA/Andretti), a 1 volta
16° - Simona de Silvestro (SUI/HVM), a 3 voltas
17° - Mário Romancini (BRA/Conquest), a 15 voltas
18° - Alez Lloyd (ING/Dale Coyne) a 31 voltas
19° - Alex Tagliani (CAN/Fazzt), a 33 voltas
20° - Hideki Mutoh (JAP/Newman-Haas-Lanigan), a 34 voltas
21° - Milka Duno (VEN/Dale Coyne), a 41 voltas
22° - Takuma Sato (JAP/KV), a 61 voltas
23° - Marco Andretti (EUA/Andretti), a 61 voltas
24° - Mario Moraes (BRA/KV), a 61 voltas

normal_342010
Felipe Ruas – Especial para Imagens&Fatos

Começou a Indy-2010

fran

O escocês Dario Franchitti ficou com a pole position da São Paulo Indy 300 na manhã deste domingo, no Anhembi. O piloto, da equipe Ganassi e atual campeão da Indy, fez o tempo de 1min27seg7354.  Por conta da pole, o escocês ganhou um ponto e embolsou US$ 10 mil.

 

 

 

 

 

 

 

ca

O brasileiro mais bem colocado no grid da prova às 13h é Tony Kanaan, que vai largar em sexto. No último treino com apenas seis carros, ele fez o tempo de 1min28seg0156. A prova terá transmissão ao vivo pelos canais Band e Bandsports.

 CNT_EXT_276070 

CNT_EXT_276331

A pista de rua construída especialmente para o evento, sofreu muitas críticas dos pilotos e donos de equipes, principalmente na reta do Sambódromo de São Paulo. Para resolver o problema de aderência no local, os organizadores da São Paulo Indy 300 tiveram que  correr contra o tempo.Por volta das 18h, as máquinas entraram na reta onde ocorrerá a largada e começaram a lixar a pista.

As máquinas fizeram ranhuras de 3 e 4 milímetros no trajeto de 800 metros da reta, para evitar o deslizamento dos carros.

 

Tony Cotman, projetista da pista do Anhembi, diz que é comum ter imprevistos durante uma etapa em circuito de rua. Ainda mais em uma que foi construída em menos de quatro meses. "Como em qualquer circuito temporário, a gente não pode fechá-lo com antecedência para não atrapalhar o trânsito. Por isso, o local não é testado e acabam aparecendo imprevistos."

Depois do processo a pista foi varrida e lavada por duas vezes, mesmo assim durante os treinos livres da manhã, havia muito pó no local.

O evento organizado pela prefeitura de São Paulo trará o retorno de R$ 4,00 para cada R$ 1,00 investido na construção do circuito. Segundo dados dos organizadores, foram gastos mais de R$ 20 milhões na obra do Anhembi.

 
Quem é quem na Indy 2010
Clique no logotipo de cada equipe
EQP_FT1_5

Tony Kanaan PLT_FT2_15

Danica Patrick  PLT_FT2_18

Marco AndrettiPLT_FT2_4

21 - Ryan Hunter-Reay  PLT_FT2_50 

  EQP_FT1_7

Hélio CastronevesPLT_FT2_7

Ryan BriscoePLT_FT2_37

Will PowerPLT_FT2_54

Penskenewcars2Birmtest10

EQP_FT1_16    
Ana Beatriz FigueredoPLT_FT2_72

Tomas SheckterPLT_FT2_70

Darren ManningPLT_FT2_44

Mike ConwayPLT_FT2_61

EQP_FT1_10

  Dario Franchitti
PLT_FT2_63

Scott DixonPLT_FT2_10 (1)58

  EQP_FT1_29

Ernesto José VisoPLT_FT2_59

Mario Moraes

PLT_FT2_57

Paul TracyPLT_FT2_71

  EQP_FT1_31

Robert Doornbos

PLT_FT2_62

Simona de SilvestroPLT_FT2_7416

     EQP_FT1_6

Ed CarpenterPLT_FT2_6

EQP_FT1_25

Mario Romancini
PLT_FT2_73 
EQP_FT1_26


Raphael Matos
PLT_FT2_64 
EQP_FT1_27

Sarah Fischer
PLT_FT2_43 

    EQP_FT1_34
Alex TaglianiPLT_FT2_65

    EQP_FT1_13

Dan Wheldon

PLT_FT2_22

   EQP_FT1_35
Alex LloydPLT_FT2_75

Justin WilsonPLT_FT2_52

Mika DunoPLT_FT2_46

EQP_FT1_33

Jaques Lazier
PLT_FT2_30Richard Antunucci PLT_FT2_68 Stanton BarrettPLT_FT2_67

  EQP_FT1_28
Oriol Servia

PLT_FT2_55

Hideki MutohPLT_FT2_47

Graham RahalPLT_FT2_51

    (4)58 EQP_FT1_11

Vitor Meira
PLT_FT2_66


(9)43

Confira o Grid de Largada

1°. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi)

3°. Justin Wilson (ING/Dreyer & Reinbold)

5°. Will Power (AUS/Penske)

7°. Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi)

9°. Helio Castro Neves (BRA/Penske)

11°. Simona de Silvestro (SUI/HVM)

13°. Danica Patrick (EUA/Andretti)

15°. Alex Lloyd (ING/Dreyer & Reinbold)

17°. Marco Andretti (EUA/Andretti)

19°. Ernesto Viso (VEN/KV)

21°. Mike Conway (ING/Dreyer & Reinbold)

23°. Mario Moraes (BRA/KV)

2°. Alex Tagliani (CAN/Fazzt)

4°. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti)

6°. Tony Kanaan (BRA/Andretti)

8°. Ryan Briscoe (AUS/Penske)

10°. Takuma Sato (JAP/KV)

12°. Raphael Matos (BRA/De Ferran Luczo Fragon)

14°. Hideki Mutoh (JAP/Newman-Haas-Lanigan)

16°. Vitor Meira (BRA/A.J.Foyt)

18°. Dan Wheldon (ING/Panther)

20°. Mário Romancini (BRA/Conquest)

22°. Bia Figueiredo (BRA/Dreyer &)

24°. Milka Duno (VEN/Dale Coyne)Reinbold)

normal_342010

Felipe Ruas – especial para Imagens&Fatos