Pesquisa personalizada

13 de mai de 2009

Prefeitura de Pelotas - está sobrando dinheiro

A prefeitura anunciou hoje que vai demolir dois prédios na Av. Duque de Caxias, e construir mini-praças no local.
.
Acontece que os prédios em questão eram postos avançados da Brigada Militar que foram desativados.
.
A notícia no site da prefeitura dá conta de que por uma questão de segurança, a diretoria do Clube dos Empresários do bairro Fragata (Cefra), solicitou a demolição dos prédios pois os locais estão sendo usados por pessoas para cometer assaltos a pedestres, consumo de drogas e outros delitos, gerando insegurança aos moradores e empresários das proximidades, .
Segundo o secretário Marco Bretas, os postos foram construídos há alguns anos, com recursos dos empresários do bairro Fragata e agora estão sem utilidade. “O Cefra entregou os prédios à prefeitura e solicitou essa demolição”, enfatiza Marco.
Os prédios foram construídos com recursos dos empresários em área pública, e doados à Brigada Militar que por vários anos manteve os postos em funcionamento. Em vez de serem demolidos, poderiam ser reativados. Se o problema é a falta de segurança, não vai ser uma pequena praça que vai mudar a situação.
Mas em nossa cidade não há o hábito de ouvir o povo. Por que não colocar ali um posto da guarda municipal? Não seria mais racional? Se existe um problema de segurança, com certeza a presença da guarda municipal no local resolveria o problema.
.
Nos últimos dias o executivo vêm falando das dificuldades financeiras do município, para determinadas coisas não há dinheiro, para outras, sobra. Se já existe uma estrutura pronta por que demolir? Afinal é o dinheiro público que paga tudo isto.
Que mania de gastar sem necessidade! A câmara de vereadores por exemplo, vai mudar de prédio. No prédio atual não há mais espaço para os vereadores. Vão trocar um aluguel de R$ 8mil por um de R$ 20 mil.
No prédio atual havia espaço para 21 vereadores. Hoje são apenas 15 e o espaço ficou pequeno. Ficou pequeno ou o número de CC's aumentou? Será que a câmara não está com excesso de funcionários?
Em entrevista a uma rádio local, o vereador Adalin Medeiros, presidente da casa, defendeu a mudança dizendo que não vai haver gastos a mais, e que a mudança é provisória pois em no máximo 5 anos a câmara terá o seu prédio próprio.
Realmente a despesa é mínima serão apenas R$ 720 mil a mais em 5 anos. O que é isto para uma cidade como a nossa? Nada. É claro que para reajustar o servidor não existe previsão orçamentaria. E para estes gastos, tem?

3 comentários:

Anônimo disse...

Aqui em Pelotas quem manda são os empresarios. O povo só é lembrado em época de eleições. Veja a questão do transporte coletivo. Quantos anos sem fazer licitação, algum deve estar rolando por baixo. No caso do Fragata, se a brigada não tem contingente para reativar os postos, a prefeitura têm, coloca um posto avançado de azuizinhos, ou guarda municipal. Sem gastar dinheiro realmente.

Anônimo disse...

Eles dizem que o dinheiro já existe, portanto pagar 20mil é o mesmo que pagar 8mil. é claro o dinheiro não é deles.

Cleia disse...

Com R$ 720 mil pagaria o salário de muitos guardas municipais, afinal, onde eles estão mesmo???? só cuidam da praça Cel P. Osório??? Eles foram homenageados no final de 2009!!!