Pesquisa personalizada

26 de set de 2011

Bancários entram em greve por um reajuste de 12,8%

Os bancários decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir das 0h de terça-feira (27). A categoria rejeitou a proposta de 8% de reajuste salarial feita pelos bancos. A decisão foi tomada em assembleias pelo país na noite desta segunda-feira. A paralisação atingirá bancos públicos e privados.

A paralisação foi aprovada nas reuniões feitas pelos Sindicatos dos Bancários de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Campo Grande, Mato Grosso, Paraíba, Alagoas, Ceará, Piauí, Espírito Santo, Campinas, Piracicaba, Juiz de Fora, Dourados e Vitória da Conquista, entre outros, conforme levantamento feito até as 20h30 da Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), que coordena o Comando Nacional dos Bancários.

Além dos 12,8% os bancários reivindicam também "fim da rotatividade, mais contratações, fim das metas abusivas, combate ao assédio moral, mais segurança, igualdade de oportunidades e inclusão bancária sem precarização, dentre outras reivindicações".

BANCOS

Mais cedo, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) informou que a proposta de reajuste de 8% "contempla pelo oitavo ano consecutivo correção de salário com aumento real e reforça o caráter abrangente da convenção coletiva do trabalho da categoria dos bancários".

Segundo a federação, a convenção dos trabalhadores "inclui pisos salariais elevados para uma jornada reduzida, muitos e significativos benefícios, além de ser a única categoria com PLR garantida por convenção".

Antes da decisão dos bancários, a Fenaban tinha dito que a greve seria "fora de propósito". "Desde o início, a Fenaban se manteve aberta ao diálogo e apresentou duas propostas econômicas em apenas uma semana", informou em nota.

ORIENTAÇÃO

A federação orientou os bancos a buscarem todos os meios legais para garantir o atendimento da população, "uma vez que este é o seu papel na sociedade".

Aos clientes, a recomendação é para que seja feita a utilização de canais alternativos, como internet, telefone, terminais de autoatendimento e correspondentes bancários.

Figurino Negro domina a Cidade do Rock no dia do Metal

A espera dos fãs era tamanha que mesmo antes de a noite cair o gramado central já estava repleto de pessoas sedentas pelo som furioso das guitarras. Por conta dessa ansiedade, os portões da Cidade do Rock foram abertos meia hora antes do horario oficial, as 13h30. 

Vestidos de preto da cabeça aos pés e, sempre que possível, com o logotipo da banda predileta em suas camisas, os 100.000 espectadores presenciaram uma noite de heavy metal que não será esquecida tão cedo por quem veio à Cidade do Rock. Tanto entusiasmo fez com que alguns produtos oficiais esgotassem nas lojas oficiais do Rock in Rio.

Foram vendidas 25 mil camisas, sendo 12.500 com os dizeres “Eu Fui” e outras quatro mil das bandas. Não foram somente as camisetas que fizeram sucesso entre o público. Chaveiros e Squeezes plasticos personalizados tiveram 10 mil e 20 mil unidades comercializadas. Uma nova remessa será produzida para a nova rodada de shows que iniciará na quinta-feira, dia 29. 

O sucesso do festival é tamanho que o site oficial do Rock in Rio teve 1 milhão de acessos somente neste domingo e se tornou o assunto mais comentado no Twitter no Brasil e em outros seis países. Argentina, Peru, Chile, Colômbia, Venezuela e México tiveram o Rock in Rio sempre em destaque. 

As bandas Metallica, Slipknot e Motörhead também frequentaram a lista de assuntos comentados. Estima-se que 40 milhões de pessoas foram impactadas pelas mídias sociais. Ao longo deste domingo, a área de engenharia da organização do evento trabalhou intensamente para solucionar os problemas na rede de esgoto, ocasionados pela forte chuva que caiu sobre o Rio de Janeiro ao longo do sábado, gerando danos em uma das oito elevatórias que servem à Cidade do Rock. 

Na área médica, cerca de 1220 atendimentos foram realizados até as 2h desta segunda-feira. Os casos mais recorrentes no dia foram luxações, entorses, dores de cabeça e pressão baixa. 

No quesito segurança, 20 ingressos falsos foram identificados e todas as 65 tentativas de invasão foram controladas pela empresa responsável pela segurança do festival. A Prosegur informou que até meia noite duas queixas de pequenos furtos haviam sido relatadas.

Os ingresso para o Rock in Rio 2011  estão a venda e quem comprar online pelo bankline Itaú tem desconto de 15%.

Fique por dentro dos preços dos ingressos para o Rock in Rio 2011.

Dia  30 de Setembro e 1 e 2 de Outubro :

Preços: Inteira R$190,00  meia R$ 95,00

Com desconto Itaú R$ 161,50

A programação para os próximos dias:

30 de Setembro 

Palco Mundo:
Shakira Lenny Kravitz
Ivete Sangalo
Jota Quest
Marcelo D2

Palco Sunset:
Buraka Som Sistema + Mixhell
João Donato + Céu
Cidade Negra + Martinho da Vila + Emicida
Monobloco + Macaco

Eletrônica:
Ingrid
Renato Ratier
Gui Boratto
Guy Gerber
Luciano

Rock Street:
Roncadores (George Israel)
Bruce Henri
Quarteto Street
Bands Buskers

01 de Outubro 
Palco Mundo: 
Coldplay
Jay-z
Maná S
kank

Palco Sunset:
Cidadão Instigado + Júpiter Maçã
Tiê + Jorge Drexler
Zeca Baleiro + Concha Buika
Erasmo Carlos + Arnaldo Antunes

Eletrônica:
DJ Harvey
15ht Years of Body & Soul with:
François K
Danny Krivit
Joe Claussell

Rock Street:
Leo Gandelman
Paraphernalia
Street Bands
Buskers

02 de Outubro 
 
Palco Mundo:
Guns N`Roses Pitty + 3 bandas a serem confirmadas

Palco Sunset: 
 The Monomes + David Fonseca
Mutantes + Tom Zé
Titãs + Xutos & Pontapés
Marcelo Camelo + Convidado

Eletrônica:
Nalaya Brown (convidada Burn)
Boss in Drama
Rodrigo Penna
Memê
Hercules & Love Affair
Dimitri from Paris

Rock Street:
Rock Street Blues Band
Taryn Szpilman
Street Bands
Buskers

Corra e compre seus ingressos para o festival mais esperado do ano, o Rock in Rio 2011 http://www.rockinrio.com.br/

24 de set de 2011

Contraproposta dos funcionários dos Correios é rejeitada

A contraproposta da representação sindical dos trabalhadores dos Correios foi rejeitada pela empresa nesta sexta-feira (23). A companhia considera que a proposta "está acima das possibilidades orçamentárias da empresa e inviabilizaria a sustentabilidade da ECT", segundo nota da empresa. Os trabalhadores pediam reposição da inflação de 7,16%, reposição das perdas salariais de 24.76%, de 1994 à 2010, além de outras reivindicações, como aumento linear de R$ 200 e não desconto dos dias parados em decorrência da greve.

"A contraproposta tem impacto de R$ 4,3 bilhões na folha de pagamento -- representa um acréscimo de 70% no custo anual da folha. Os índices reivindicados elevariam a despesa com pessoal para 80% do orçamento da empresa", defendeu a empresa.

De acordo com os Correios, 15 mil grevistas já voltaram ao trabalho -- o que corresponde a 44% dos profissionais que haviam aderido à paralisação. O índice de adesão nacional divulgado pela empresa nesta sexta-feira é de 18%, com 19 mil empregados parados. 

"Com 82% do efetivo total em atividade, os Correios trabalham para manter a entrega de correspondência em dia, e 65% da carga segue no prazo. Neste final de semana, mais um mutirão nacional será realizado pelos empregados da empresa, com objetivo de manter esse índice", diz a nota. 

Na noite de quinta-feira, a empresa reapresentou a proposta feita antes do início da paralisação e pediu aos trabalhadores que retornassem às atividades e retomassem o diálogo. A proposta inclui reajuste de 6,87% sobre o salário e os benefícios, R$ 50 de aumento linear a partir de janeiro de 2012 (um aumento de 13% para 60% dos trabalhadores) e R$ 800 de abono. 

Os Correios informam que estão contratando de forma imediata 6.074 novos empregados, sendo 5.060 carteiros e 1.014 operadores de triagem em transbordo, aprovados no concurso público realizado em maio.(Globo.com)

22 de set de 2011

Correios quer retomar as negociações

A direção dos Correios está propondo que os trabalhadores em greve desde a última quarta-feira (14) suspendam o movimento para retomar as negociações sobre reajuste salarial. A empresa reapresentou a proposta oferecida antes da greve, que prevê reajuste de 6,87%, mais aumento real de R$ 50 e abono de R$ 800.

“A continuidade da paralisação prejudica quem está trabalhando, pela sobrecarga de trabalho; a população, que não é atendida plenamente pelos nossos serviços; e os grevistas, que perdem os dias parados”, diz a nota divulgada pela empresa. De acordo com os Correios, a adesão dos trabalhadores caiu dos 22% registrados ontem (21) para 19% hoje. Mas a estimativa dos grevistas é que cerca de 70% dos funcionários estão sem trabalhar. 

Os trabalhadores aprovaram hoje em assembleias por todo o país uma contraproposta com novas reivindicações. Segundo o diretor da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect), José Gonçalves de Almeida, a proposta que será apresentada amanhã (23) à diretoria da empresa prevê uma diminuição de R$ 400 para R$ 200 no reajuste linear que estava sendo pedido, além da redução do aumento do vale-cesta e do vale-refeição. 

A categoria exige, no entanto, a contratação imediata de todos os aprovados no último concurso público dos Correios. Os trabalhadores também querem a reposição da inflação de 7,16% e o aumento do piso salarial de R$ 807 para R$ 1.635. 

Segundo a empresa, a contraproposta que a Fentect está levando para aprovação nas assembleias é praticamente a mesma apresentada no início das negociações. O impacto dessas exigências nas contas dos Correios chega a R$ 9,3 bilhões, o que representa um aumento de 70% na folha de pagamento. 

De acordo com os Correios, desde o início da greve a média de atraso nas entregas é de 35%. Os Correios entregam todos os dias 35 milhões de objetos, entre correspondências e encomendas. Os serviços de Sedex 10, Sedex Hoje e Disque Coleta foram suspensos, já que funcionam com horários marcados para a entrega.

No próximo fim de semana os Correios vão realizar mais um mutirão nacional para colocar em dia a entrega de correspondência. No mutirão do último fim de semana, foi feita a triagem de 20 milhões de objetos e a entrega de 2,5 milhões. 

No caso de contas e boletos entregues com atraso por causa da greve, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) recomenda o contato com a empresa credora para solicitar outra forma de pagamento, como a emissão de segunda via por meio de fax, e-mail, ou pelo site da empresa. Também pode ser solicitada a prorrogação do vencimento, para evitar a cobrança de juros e multas ou a suspensão na prestação de serviços. ( Ag Brasil)

Bancários devem entrar em greve na terça

Os bancários do Rio Grande do Sul devem entrar em greve a partir da próxima terça-feira (27). A decisão foi tomada na noite desta quinta-feira em uma assembleia geral da categoria, realizada na Igreja da Pompeia, no bairro Floresta, em Porto Alegre. De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e região, Mauro Salles, na segunda-feira uma assembleia define os detalhes da paralisação. Ele projeta adesão em massa entre os funcionários dos bancos públicos. 

Nesta sexta-feira, uma nova rodada de negociações ocorre em São Paulo. Em Porto Alegre, o Sindicato se reúne com a direção do Banrisul, a partir das 14h, para tratar da proposta da instituição, na sede do banco, no Centro de Porto Alegre. 

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentou uma proposta de 7,8%, o que representa aumento real de 0,37%. Os bancários querem que o aumento fique na casa dos 12,4%, com 5% de reajuste real, descontadas as perdas com a inflação do período.

Confira as principais reivindicações dos bancários em território nacional: 

- Reposição da inflação mais 5% de aumento real; 
- Participação em Lucros e Resultados de três salários, mais R$ 4,5 mil; 
- Piso de R$ 2.297,51; - Vales Alimentação e Refeição de R$ 545 cada;
- Auxílio-educação, incluindo graduação e pós;
- Ampliação das contratações, inclusão bancária, combate às terceirizações e à rotatividade; 
- Cumprimento da jornada de seis horas;
- Mais segurança nas agências e departamentos;
- Previdência complementar.
 fonte; Rádio Guíba


17 de set de 2011

Spencer Tunick foto de nu às margens do Mar Morto


























O artista americano que ficou famoso por suas fotos de nus coletivos, desafiou a intolerância dos grupos mais ortodoxos do Estado judeu e fotografou  mil pessoas nuas às margens do Mar Morto em Israel.

Spencer Tunick declarou a imprensa que amava Israel e suas fotos tinham por finalidade salvar o Mar Morto que pode desaparecer em 50 anos.

Veja mais trabalhos do artista.

8 de set de 2011

Concurso TRE/SC - inscrições a partir do dia 10

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina abre inscrições para o preenchimento de 11 vagas para Analista Judiciário (1 vaga) e Técnico Judiciário (10 vagas).

Os salários são de R$ 6.551,52 e R$ 3.993,09 respectivamente. As inscrições serão aceitas até o dia 24 de setembro de 2011 com valores de  R$ 80,00(AJ) e R$ 60,00(TJ). 

A inscrição será realizada exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico www.pontuaconcursos.com.br, a partir da 0h do dia 10 de setembro de 2011 até às 23h59min do dia 24 de setembro de 2011.

 Consulte o Edital

7 de set de 2011

Concurso para o TCU - Inscrições abertas

Abertas as inscrições para o concurso público do Tribunal de Contas da União - TCU, as inscrições vão até o dia 26 de setembro e devem ser feitas  no site www.cespe.unb.br/concursos/tcu2011 até às 23h59 de 26/09/2011.

São 70 vagas, 42 na área de Auditoria Governamental, 26 na Auditoria de Obras Públicas e 2 na área de Apoio Técnico e Administrativo na especialidade de psicologia, no cargo de Auditor Federal de Controle Externo com salário de R$ 11.256,83 com jornada de trabalho de 40 horas. Os contratados deverão atuar em Brasília, Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Rondônia e Roraima. A taxa de inscrição é de R$ 100,00 e as provas serão realizadas em duas etapas, provas discurtivas e objetivas mais um programa de formação a ser realizado em Brasília somente aos aprovados na primeira parte.

Inscreva-se já, CLIQUE AQUI.