Pesquisa personalizada

4 de mai de 2009

Morre no Rio paciente que estava internada com sintomas da gripe suína


Deu no O Dia

A mulher que estava internada com sintomas de gripe suína no Hospital Barra D'or, na Zona Oeste do Rio morreu, na madrugada desta segunda-feira, vítima de septicemia grave.
.
De acordo com a assessoria do Hospital,a paciente de 50 anos não apresentava problemas respiratórios, comuns em pessoas com gripe suína. Ela estava com três sintomas da doença: febre, dor de cabeça e vômito.
.
O Hospital decidiu informar à Anvisa do caso porque a mulher foi internada 48 horas depois de chegar dos Estados Unidos. O laudo da Anvisa sobre a coleta de material da paciente realizada neste domingo só deve ser divulgado nesta terça-feira ou, no máximo, na quarta-feira.
.................................................................................
.
O número de casos de doentes pelo vírus influenza a (H1N1) confirmados pela Organização Mundial da Saúde chegou a 1.003 em 20 países, informou nesta segunda-feira (4) a chefe da agência da ONU, Margaret Chan. Ela não entrou em detalhes sobre os novos dados.

Dirigindo-se à Assembleia Geral da ONU desde Genebra, ela disse que não há indicação de que o planeta esteja enfrentando uma situação semelhante à da epidemia de 1918, quando uma pandemia de gripe matou milhões de pessoas pelo mundo.

Ela rejeito a necessidade de elevar imediatamente o nível de alerta de pandemia da organização, que está no patamar 5 entre 6. "Não sabemos de quanto tempo dispomos antes de passar à fase 6, que indica que estamos em uma pandemia. Ainda não estamos lá", disse.
..........................................................................
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Esclarecemos que a paciente em questão, que morreu no Hospital Barra D'or, no Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira, não apresentava sintomas compatíveis com o quadro suspeito de Influenza A (H1N1), como febre alta repentina, acima de 38o , tosse, dores musculares, nas articulações e de cabeça, entre outros. A paciente não estava entre os suspeitos e monitorados pelo governo. De acordo com o hospital, morreu de pneumonia.O Brasil está preparado para atender todos os casos suspeitos e manterá a população bem informada.
Assessoria de Comunicação
Ministério da Saúde

Um comentário:

Ministério da Saúde - Assessoria de Comunicação disse...

O Ministério da Saúde alerta para o fato de não ter havido nenhuma morte no país relacionada à Influenza A (H1N1). Esclarecemos que a paciente em questão, que morreu no Hospital Barra D'or, no Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira, não apresentava sintomas compatíveis com o quadro suspeito de Influenza A (H1N1), como febre alta repentina, acima de 38o , tosse, dores musculares, nas articulações e de cabeça, entre outros. A paciente não estava entre os suspeitos e monitorados pelo governo. De acordo com o hospital, morreu de pneumonia.
O Brasil está preparado para atender todos os casos suspeitos e manterá a população bem informada.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Saúde