Pesquisa personalizada

17 de abr de 2009

Crime em Novo Hamburgo - promotor pede prisão preventiva de empresária



O promotor de Justiça de Novo Hamburgo Eugênio Paes Amorim pede nesta sexta-feira a prisão preventiva da empresária Roselani D´Avila pelo assassinato do marido Flávio D´Avila, da irmã Rosângela de Freitas e da sobrinha Maria Francisca.
.
Amorim disse ainda que aguarda um laudo médico sobre a sanidade mental da empresária. Para o promotor, as cartas que foram escritas antes dos assassinatos podem significar insanidade ou premeditação. "Criminosos frios e calculistas manifestam ter insanidade".
.
O promotor também questionou o tratamento psiquiátrico que Roselani vinha recebendo. Segundo declaração do psiquiatra José Tadeu de Toledo, que atendeu Roselani cinco vezes em seu consultório entre janeiro e setembro do ano passado, o quadro dela seria de psicose. "Se ela era totalmente insana, o médico se omitiu", disparou Amorim.
.
Conforme o promotor, as motivações do crime não estão claras. Ele destacou que as cartas estariam falando mais dos homicídios do que no suicídio. "Não acredito que ela não tivesse condições de se suicidar (...) mas também posso estar errado".
.
Amorim solicitará na segunda-feira o exame de DNA das vítimas da empresária. Amorim disse que a medida foi tomada para comprovar a exclusão de uma das supostas hipóteses de motivação do crime.
.
Depoimentos
.
Por volta das 17h30 de terça-feira, a empresária Roselani Radaelli Picinini D´Ávila, se encaminhou até um táxi que estava parado no ponto da Avenida Nações Unidas, em frente ao Shopping Bourbon de Novo Hamburgo, e pediu ao motorista do veículo, Jorge Abgail da Silva, 59, que se dirigisse até a Rua Joaquim Manoel de Macedo, no bairro Operário.
Dez minutos depois, sem saber, Silva teria sido uma das últimas pessoas além da família a ter contato com a empresária, horas antes do assassinato de sua irmã Rosângela Radaelli Picinini de Freitas e da sobrinha Maria Francisca de Freitas.
.
O custo do transporte foi de apenas oito reais, pagos com uma nota de 50 reais deixando o troco de gorjeta. "Fiquei surpreso, ganhar 42 reais em uma corrida de apenas 8. Isso é incomum. Imaginei que ela tinha ganhado um presente e decidiu ajudar alguém", relembra o taxista."Ainda passei um cartão para que ela me procurasse novamente, quando precisasse, mas nunca imaginei o que ela ia fazer a seguir. No outro dia quando soube ainda pensei que ali ela já podia estar com a arma do crime dentro da mesma bolsa de onde tirou o dinheiro", revela.
.
Silva prestou depoimento nesta manhã, por volta das 9 horas, na 1ª Delegacia de Polícia de Novo Hamburgo.
.
Boletim
.
Conforme o boletim médico divulgado pelo Hospital Muncipal de Novo Hamburgo, às 11 horas de hoje, o quadro de saúde de Roselani D´Ávila permanece estável. A evolução de sua saúde está sendo adequada ao seu quadro clínico, que até então não houve complicações e também não há previsão de alta.
.
De acordo com a assessoria do HMNH, as informações foram repassadas pelo diretor técnico da casa de saúde, Marcos Lobato. Enquanto isso, a empresária permanece sob vigilância e custódia da Brigada Militar até a sua liberação.
.
As fotos feitas pela perícia da Polícia Civil no local do crime, mostram um bárbaro e horrendo quadro de uma tragédia. São imagens muito fortes, que mostram o requinte de crueldade de uma assassina. Nosso blog não mostrará estas fotos. Para ter acesso ao material clique no link abaixo, mas alertamos, são imagens fortes.
.
Local do crime>>>fotos/conteúdo impróprio para menores de 18 anos

Um comentário:

Anônimo disse...

O que ela merece?
Olho por olho, dente por dente!
Quem estiver curioso para ver como ficaram as vitimas na casa, acessem o site www.cabuloso.com e vejam as fotos.
As cenas são muito fortes ja estou avisando de antemão.

R.J.l São Paulo