Pesquisa personalizada

15 de abr de 2009

Acabou a polêmica, difusor é legal.

A Corte de Apelação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) validou nesta quarta-feira os difusores utilizados pela Brawn GP, Williams e Toyota, em uma decisão que vai contra as escuderias que haviam protestado, Ferrari, Renault, Red Bull e BMW.
.
Em comunicado, a FIA diz que "decidiu rejeitar as apelações" baseando-se nos "argumentos ouvidos e evidenciados" que provam que os carros em questão cumprem as regras.
.
Insatisfeita com a aprovação dos difusores de Brawn GP, Williams e Toyota, a Ferrari quer uma explicação formal para a rejeição ao seu apelo. Após o julgamento da Corte de Apelações da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), o diretor esportivo Stefano Domenicali admitiu que a equipe terá de trabalhar duro para desenvolver um difusor melhor o mais rapidamente possível.
.
Com a decisão da FIA, o piloto britânico da Brawn GP Jenson Button foi confirmado como o líder do Mundial, depois de vencer as duas primeiras corridas da temporada na Austrália e na Malásia, assim como sua equipe, que foi mantida na ponta do Mundial de Construtores.
.
Companheiro de Button na Brawn GP, o brasileiro Rubens Barrichello também teve confirmada sua vice-liderança no Mundial, com 10 pontos, a cinco da liderança da temporada.
.
Agora a decisão é no braço e na força de vontade, coisa que a Brawn GP têm de sobra, o talento de Button somado a experiência e talento de Barrichello, estão fazendo a diferença, difusores a parte. Que venha o GP da China.

Nenhum comentário: