Pesquisa personalizada

8 de abr de 2009

Argentina subestimou dengue

A Argentina está sofrendo o pior surto de dengue de sua história. Fontes não oficiais informam que existem 20.000 casos da doença espalhados pelo país. O ministério da saúde confirma apenas 7.700 casos. Estima-se que uma pessoa contraia a doença a cada dois minutos no país.

A dengue na Argentina vem se propagando desde as províncias do norte, fronteiras do Paraguai e Bolívia, para o centro do país, organizações não governamentais dizem que o governo de Cristina Fernández de Kirchner, fracassou no controle e na prevenção da dengue; subestimou as informações prévias desta epidemia.
.
A província de Chaco, norte do país e fronteira com Paraguai, é a que mais casos tem registrado até o momento. O prefeito de Charata, a cidade mais afetada da província, admitiu que há temor entre a população que este é um novo tipo de vírus, mais resistente. O Aedes albopictus é o mosquito responsável pela transmissão da doença na Argentina, uma das quatro variações do mosquito transmissor da dengue.
.
Quem viajar para a Argentina, deve tomar as precauções necessárias para não contrair a doença.

Nenhum comentário: