Pesquisa personalizada

15 de jan de 2009

Dois pesos, duas medidas

Quando em 2009 dois atletas cubanos pediram asilo político ao Brasil, em tempo recorde o Brasil negou, devolvendo os atletas à ilha.
O processo do Conare (Comitê Nacional para Refugiados), vinculado ao Ministério da Justiça, órgão que outorga um refugiado no Brasil, dura aproximadamente seis meses. No caso dos cubanos a decisão foi imediata, logo após solicitação de Fidel.

Agora, Tarso Genro, concede status de refugiado político ao italiano Cesare Battisti, condenado a prisão perpétua por ações terroristas e o assassinato de quatro pessoas. Tarso se defendeu dizendo que a decisão não está baseada em suas ideologias.

Pode parar! Pura ideologia. Para Cuba atleta é criminoso, para o Brasil assassino é militante da causa perseguido.

Nenhum comentário: