Pesquisa personalizada

9 de jan de 2009

Conflito em Gaza - Duas semanas sangrentas

Gaza está em ruínas.

Os bombardeios chegam ao norte da faixa de Gaza.

Hamas e Israel descartam possibilidade de cessar fogo.


Centenas de crianças mortas, milhares feridas. As sobreviventes guardam a dôr da perda de seus familiares. As imagens da guerra servem de alimento para o ódio das novas gerações de sobreviventes da guerra, que serão os soldados de amanhã. Esse ódio vem passando de geração para geração, desde os primeiros conflitos entre árabes e judeus. Dos dois lados, esse ódio leva ao extremismo que acaba sempre em mais mortes, mais rancor e desejo de vingança. Os palestinos exilados na faixa de Gaza, não têm para onde fugir. Sem poder de defesa, sem alimentos, sem medicamentos, vivem nos escombros daquela que já foi uma cidade, e que hoje é um sepulcro onde os corpos se empilham. O mundo assiste a tudo passivamente, enquanto israelenses arrumam desculpas por matar crianças e civis inocentes, como se a vida humana fosse apenas um apelo de marketing de uma campanha política.

Um comentário:

~Zurama~ disse...

Tregedia muito. O goviernos iniciar guerras e os inocentes pagam consecuensias. : (