Pesquisa personalizada

22 de dez de 2008

Castelo em ruínas

O castelo dos meus sonhos de infância, está virando ruínas. Dele, sobrou pouco, algumas paredes que ainda formam um contorno contra o céu. O telhado que acumulava os musgos, dando uma arrepiante impressão de assombro, desabou. Aquela imponente torre que em nossos sonhos aprisionava uma bela donzela, perdeu seus encantos e, aos pedaços, parece gritar por socorro.

Passar em frente ao castelo, era como entrar em um conto de fadas. Hoje, troca-se de calçada com medo que uma parte dele caia sobre nós.

São anos de abandono e uma história obscura. O historiador Mario Osório Magalhães tentou reconstituir a história do castelo, mas pouco conseguiu.

Sabe-se que foi construído por volta de 1936 por Antonio Duarte da Costa Vidal, seu projeto baseava-se na ilustração de uma revista européia retratando um sobrado em estilo medieval. O projeto arquitetônico veio de Montevidéu. A responsabilidade pelo acompanhamento das obras coube, de início, a um construtor de nome Callearo.(momagalhaes@diariopopular.com.br)

O castelo está em ruínas. Essa é a verdade. Em alguns anos só restarão lembranças daquele que por muitos anos encantou os moradores e passantes do início da Rua XV de Novembro.

Nenhum comentário: