Pesquisa personalizada

7 de jan de 2010

Rally Dakar - piloto italiano Luca Manca em estado grave





O piloto italiano Luca Manca (KTM) acidentou-se gravemente na sexta etapa do Rali Dakar, perto da cidade chilena de María Elena. Segundo El Diario de Atacama, o piloto de 29 anos foi levado com urgência ao Hospital del Cobre, em Calama, onde, de acordo com os médicos, está na UTI em estado grave.

O acidente ocorreu no 14º quilômetro da parte cronometrada, logo após o piloto ter deixado a cidade chilena de Antofagasta. Segundo informações preliminares,  Luca Manca sofreu trauma craniano e corre risco de morte em função de uma contusão cerebral que está produzindo hipertensão endocraniana.

Em função de acidente, pelo menos sem gravidade,  a dupla brasileira, Maurício Neves e Clécio Maestrelli, está fora do Rally. Eles sofreram um acidente entre os quilômetros 117 e 153, entre Antofagasta e Iquique, no Chile. O Touareg dos brasileiros, chocou-se em uma pedra vindo a capotar. Os dois não sofreram ferimentos, mas estão fora da competição.



O espanhol Marc Coma venceu a sexta etapa de motos do Rali Dakar 2010 e assumiu a quarta colocação na classificação geral. O piloto da KTM terminou o percurso de 418km entre Antofagasta e Iquique, no Chile, em 4h46min59s, 10m34s à frente do francês Cyril Despres, da mesma equipe, que continua liderando a competição.

O melhor brasileiro de hoje foi Rodolpho Mattheis, chegando na 32° posição, com o tempo de 6h03min07s ficando na 25ª colocação na classificação geral.

A etapa de hoje foi uma das mais complicadas do Rally, vários tipos de terreno e um  tobogã de 3km próximo da linha final na cidade de Iquique, deixaram os motociclistas extenuados.


O espanhol Carlos Sainz chegou em segundo atrás do multicampeão Peterhansel (BMW), mas continua mais lider do que nunca na geral. O terceiro de hoje foi o americano Mark Miller que permaneceu na terceira posição na classificação geral.



O argentino Patronelli  continua firme no seu caminho para o título. Ele voltou a vencer uma etapa e continua em primeiro lugar geral. O piloto argentino registrou um tempo de 5:58:50 na sua Yamaha e parece que nada pode pará-lo. Outro argentino, Jorge Santamarina, ficou em segundo.



Nenhum comentário: