Pesquisa personalizada

28 de jan de 2010

Passeio público virou balcão de negócios


Não bastassem os camelos, vendedores ambulantes, carrocinhas de lanches e outros mais, agora as empresas que vendem planos de saúde resolveram estender seus negócios até as nossas calçadas. É o caso deste vendedor fazendo uso de um espaço público para instalar o seu balcão de negócios. O ponto de vendas  fica no terminal de ônibus da Empresa Laranjal na praça Piratinino de Almeida, local de muito movimento nesta época do ano.

Um comentário:

Anônimo disse...

Pô.... Pelotas,será que não tem jeito? desrespeitando os transeuntes das calçadas ? Fico triste, já não chega na Mal. Floriano entre Andrade Neves/Gal. Osório, os camelos trancando a passagem agora mais essa?????
Respeito é só para quem anda de carro? com ruas asfaltadas, sinaleiras e tal, e as calcadas? faltando lajotas, rótulas mal projetadas, esquecem do pedestre, e os carrinhos de carregar mercadorias nas lojas parados nas calcadas, e o deficiente visual, como andar no centro da cidade? Eu não estou aguentando. quero que Pelotas cresca, decentemente... tendo respeito com o ser humano, independente da maneira com que ele anda por aí. Em dezembro torci um pé. Quem paga o tratamento que tive que me submeter????