Pesquisa personalizada

2 de jan de 2010

Morte no Rally Dakar 2010


O primeiro dia de competição do Rally Dakar/Argentina-Chile foi de tragédia. O carro pilotado pelo alemão Mikro Schultis atropelou um grupo de cinco espectadores a cerca de 1500 metros da entrada para a cidade de Alpa Corral, Schultis perdeu o controle da van Desert Warrions em uma bifurcação da estrada e bateu nas pessoas que estavam em local impróprio.


A mulher, identificada como Natália Sônia Garcia, 28 anos, sofreu graves ferimentos múltiplos e duas paradas cardíacas e morreu no Hospital Central do Rio Cuarto, para onde foi levada após o acidente. Entre as vítimas está o fotógrafo brasileiro Tom Papp que fraturou a perna e foi levado para o hospital de Rio Cuarto

Segundo testemunhas, os expectadores estavam localizados no setor externo da curva, uma área não permitida, e mesmo com a solicitação da polícia local, as pessoas não saíram do lugar, até mesmo o fotógrafo atravessou a estrada várias vezes.

Os brasileiros da categoria de caminhões acabaram o dia em sétimo.O trio do caminhão Tetra, Mira Martinec (tcheco), André de Azevedo e Maykel Justo completaram o trecho entre as cidades argentinas de Colón e Córdoba (199 quilômetros cronometrados) em 2h47min23s.
Os líderes da categoria são os russos, Vladimir Chagin, Sergey Savostin e Eduard Nikolaev, que competem com um modelo Kamaz.





Felipe Ruas
imagens&fatos


Nenhum comentário: