Pesquisa personalizada

15 de jun de 2009

Seleção no sufoco, 4x3 sobre Egito

Há muito tempo os torcedores brasileiros não viam a Seleção levar tantos gols em uma única partida. A última vez foi no dia 8 de junho de 2005, nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006, quando o Brasil foi derrotado pela Argentina por 3 a 1 no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. Dida era o goleiro da Seleção.
.
Hoje a Seleção sofreu até o último minuto, até que um pênalti salvou o time de Dunga de um fiasco.
A partida começou eletrizante. Logo aos quatro minutos, um golaço. Kaká recebeu na entrada da área, deu um balãozinho (foto) no adversário, ainda ajeitou a bola antes de bater na saída do goleiro El Hadary: 1 a 0.
.
Quatro minutos depois, veio o primeiro susto. Depois de um cruzamento da ponta direita, Zidan subiu mais alto que Daniel Alves e cabeceou para as redes.
.
Até então o Brasil jogava bem, e aos 11, Kaká cobrou falta da meia-direita e Luis Fabiano desviou para o gol, de cabeça. Depois aos 37, o zagueiro Juan marcou gol o 3º.
.
Tudo parecia estar caminhando para uma goleada, quando em apenas dois minutos o Egito empata.
.
Aos 9min, Shawky marcou ao bater da entrada da área. Instantes depois, Zidan foi lançado livre e chutou forte na saída de Júlio César: 3 a 3.
.
O Brasil entrou em colapso, ninguém acertava passes, não havia marcação, não havia jogadas ataque, o Egito era o dono do campo e a cada ataque levava o terror à defesa brasileira. Dunga fez várias alterações sem resultado, o time não produzia.

Quando o jogo parecia que iria terminar empatado, o lance salvador, aos 45. Depois de cobrança de escanteio, Lúcio bateu e o zagueiro Al Muhamadi tirou a bola com o antebraço, em um primeiro momento o árbitro do jogo marcou escanteio, mas com a reclamação do time brasileiro, e informações via rádio, voltou atrás marcando o pênalti e expulsando o jogador. Kaká cobrou e garantiu a suada vitória.
.
Felipe Ruas/imagens&fatos

Nenhum comentário: