Pesquisa personalizada

6 de nov de 2008

proteção



Há muito tempo os funcionários do Sanep que fazem leitura dos hidrômetros, vêm reivindicando junto à direção da autarquia que fosse fornecido bloqueador solar para proteção à irradiação solar. Hoje, foi colocado a disposição dos 22 leituristas e de 7 examinadores, quatro tubos de um protetor fabricado por uma farmácia tradicional de Pelotas. O produto deverá ser testado pelos funcionários quanto a sua eficiência e capacidade de proteção.
Daí, até fazer parte dos equipamentos de proteção é um longo processo.
Há três anos atraz, foi fornecido aos funcionários um tênis especial, o mesmo usado pelos carteiros, eram perfeitos para o trabalho. No entanto não houve reposição, os tênis foram substituídos por um sapato duro e desconfortável, inadequados para uso no verão. Também há três anos, foram fornecidas camisas polo que não foram repostas.
Os leituristas do Sanep, em número de 22, cobrem toda a cidade fazendo leitura e entregando a tarifa da água, percorrem longas distâncias em todo o tipo de solo sob a intempérie do tempo, merecem uma maior atenção por parte da autarquia.

Um comentário:

ieda marques disse...

Eu quero pedir desculpas ao funcionário do Sanep que marcou no porto a semana´passada. Ele chegou aqui em casa com uma camisa azul toda desbotada e manchada com um cheiro de suor danado, me mostrou um craxa branco que mal se podia ler o nome, ele percebeu que eu estava desconfiada e disse que eu poderia fornecer a leitura. Eu agora entendo porque ele estava tão mal vestido. Eu não Sabia que o Snep era tão relapso com seus funcionários. Espero que ele leia e aceite meu pedido de desculpas