Pesquisa personalizada

10 de nov de 2008

nepotismo, aonde?


Abel Dourado, secretário de Governo de Fetter, mandou distribuir um formulário/questionário às secretarias e autarquias de Pelotas afim de identificar o grau de parentesco entre os funcionários do município especialmente dos detentores de cargo em comissão e funções gratificadas. Os formulários devem ser preenchidos até dia 18. Depois passarão por um cruzamento para identificar os "possíveis" casos de nepotismo.


Parece piada, mas não é. Está no site da prefeitura. Eu não entendo como é que, segundo as palavras de Abel, não foi identificado nenhum caso de nepotismo em 2007, sendo que foi feito o mesmo que será feito agora.


Ele diz mais, se forem identificados, poderão ser exonerados.


Agora imagine você recebendo um questionário, sabendo que está com a cabeça a prêmio, o que você faz? Vai negar três vezes? Não, vou apontar meu chefe, que é meu irmão, que foi indicado pelo meu tio e que manda em todos?


Será que a secretária de administração não pode fazer esse cruzamento direto no sistema da prefeitura? Ou eles querem apenas ganhar tempo, e com esse tempo, esperar que a Súmula Vinculante nº13 caia no esquecimento. Nós poderíamos apontar vários casos que se encaixam nas definições da Súmula nº 13. Casos de funções criadas por lei em que basta observar o sobrenome do CC e dos FG's para saber que algo está errado. Mas, tenho certeza que a promotoria pública vai cumprir o seu papel e não deixar que isso tudo não passe de discurso.

4 comentários:

Anônimo disse...

Os caras não querem cumprir a lei, basta sentar na frente do computador e cruzar os dados. Logo os nomes da parentada toda aparece. Agora que acabou as eleições a conversa muda de rumo quero ver se o nosso prefeito vai tomar uma postura digna, e exonerar os nepotistas.

Anônimo disse...

Todos os anos é a mesma conversa fiada, eu tõ pra ver qual vai ser o cabra macho que vai cumprir sumula 13. os mamadores de tetas estão por todos os lados e não vai ser o fetter-pam que vai acabar com isso. quero so´ver.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Quem não gosta de mamar nas tetas do serviço público? Eu não acredito que alguém vai se auto-denunciar e perder a mamata. Eu não acho o prefeito tão ingênuo assim. Eu espero que ele tome medidas sérias para acabar com esse mal que corroe o serviço público e não dá oportunidade aos servidores competentes que sabem mais que esses CC's que levam os parentes pra junto de sí.