Pesquisa personalizada

31 de mar de 2009

Descaso com o lixo

Estas são imagens do Canal do Pepino, um dos principais canais de escoamento de águas pluviais de nossa cidade. Elas retratam o descaso do poder público que parece ter esquecido que há pouco mais de 60 dias, Pelotas esteve debaixo d'água em uma enchente que deixou milhares de pessoas desabrigadas.
.
É tanta sujeira, tanto lixo acumulado, que em alguns pontos tem-se a impressão que o canal foi aterrado com lixo.
.
A última limpeza completa do local foi feita em conjunto, SANEP e SSU, em Novembro de 2005. Na época, o secretário dos Serviços Urbanos, Luis Carlos Villar(atual diretor Administrativo do SANEP), declarou que o problema se dava porque a população jogava o lixo no canal.
.
O problema continua, bem como o lançamento de esgoto cloacal das casas que margeiam o canal, problema esse identificado em Janeiro de 2004 pelo então diretor-presidente do SANEP, Nilo Goulart, que declarou:
A destinação do esgoto cloacal no Pepino, canal de escoamento de águas
pluviais não poderia acontecer. "Vamos sanar isso, mas a população também
precisa colaborar" (
DP-11.01.2004).
.
Este é mais um problema da nossa cidade, um problema cultural e administrativo. Normalmente culpa-se o poder público. Porém, neste caso, a responsabilidade maior é da população que talvez não confiando no sistema, adota as suas próprias regras, como por exemplo, jogar o lixo em qualquer lugar. Esta falta de confiança é motivada pelos próprios agentes públicos, que prometem soluções, mas não cumprem.
.
É mais fácil encontrar culpados do que soluções. O Pepino conhece os culpados. Mas onde está a solução?

Nenhum comentário: