Pesquisa personalizada

6 de fev de 2010

Jogos do Gauchão entre 10 e 18 horas estão proibidos

A Federação Gaúcha de Futebol  não conseguiu modificar a decisão da Justiça do Trabalho, que proibiu jogos entre 10h e 18h no Gaúcho até que passe a forte onda de calor que assola o Estado.

Agora, a FGF terá que marcar outro horário para Universidade x Grêmio, inicialmente marcado para as 17h de domingo, no Complexo Esportivo da Ulbra, em Canoas, jogo com transmissão da TV e válido pela sétima rodada do Gauchão. Outros dois jogos deverão ter seus horários alterados, São Luiz X Esportivo em Ijuí e Veranópolis X Inter SM na cidade de Veranópolis, ambos também marcados para às 19 horas.

O diretor jurídico da FGF, Luciano Hocsman, entrou com o recurso no Tribunal Regional do Trabalho, em Porto Alegre, na tarde desta sexta-feira, horas depois de a Justiça do Trabalho local ter aceitado os argumentos do Sindicato dos Atletas, argumentando que a decisão saiu sem que a entidade fosse ouvida e sem que se levassem em conta os fatores financeiros - a tevê não pagaria a cota da rodada e os clubes, assim, poderiam atrasar os salários dos jogadores. No entanto, a juíza de plantão que estudou o recurso decidiu, às 22h, indeferir o pedido.

A decisão em liminar que favorece ao Sindicato dos Atletas Profissionais do RS, foi dada para preservar  a integridade da saúde dos jogadores em razão do forte calor dos últimos dias no estado. O descumprimento da medida judicial acarretaria em uma  multa diária de cento e cinquenta mil reais por partida, sem prejuízo da multa de cinco mil reais por atleta, em favor do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

No jogo de Grêmio e São Luiz na última quarta-feira no estádio Olímpico em Porto Alegre, os termômetros registraram temperaturas acima dos 40°C.

Nenhum comentário: