Pesquisa personalizada

9 de nov de 2009

Uniban volta atrás





A Uniban voltou atrás e reverteu a expulsão de Geisy Arruda, 20 anos, que foi hostilizada por estudantes por usar um vestido curto no dia 22 de outubro deste ano. A aluna, matriculada no primeiro ano do curso de Turismo, parou de frequentar as aulas depois do incidente.

Geisy foi expulsa pela Uniban na noite do último sábado. De acordo com a universidade, ela havia usado trajes inadequados, indicando “uma postura incompatível com o ambiente da universidade e que, apesar de alertada, não modificou seu comportamento”. A aluna, na ocasião, se limitou a declarar que sua vontade "é terminar o curso e acreditar que ainda há Justiça no Brasil. Isso não pode acontecer com outras mulheres."
A nota da reitoria:

"O reitor da Universidade Bandeirante - Uniban Brasil, de acordo com o artigo 17, inciso IX e XI, de seu Regimento Interno, revoga a decisão do Conselho Universitário (CONSU) proferida no último dia 6 sobre o episódio do dia 22 de outubro, em seu campus em São Bernardo do Campo. Com isso, o reitor dará melhor encaminhamento à decisão."

Fonte R7.

Nenhum comentário: