Pesquisa personalizada

6 de nov de 2009

Caetano chama Lula de analfabeto



Depois de declarar o voto em Marina Silva do PV, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Caetano e Marina recebeream duras críticas do ex-chefe da Casa Civil e deputado federal cassado Zé Dirceu. Na entrevista, Caetano compara Marina com Obama dizendo que: Marina, é uma mistura de Barack Obama (presidente dos Estados Unidos) e Luiz Inácio Lula da Silva. "Não posso deixar de votar nela. É por demais forte, simbolicamente, para eu não me abalar. Marina é Lula e é Obama ao mesmo tempo. Ela é meio preta, é cabocla, é inteligente como o Obama, não é analfabeta como o Lula, que não sabe falar, é cafona falando, grosseiro. Ela fala bem."

Hoje, em seu blog, Zé Dirceu desceu o verbo na candidata do PV que agradeceu as declarações do cantor mas não falou nada a respeito das ofensas ao presidente. De acordo com o petista, a senadora "falou pelos cotovelos", mas não foi ética em suas afirmações. "Tirou proveito oportunista das declarações do cantor", repreendeu. "É imperdoável que não tenha criticado o Caetano Veloso", reafirmou. Para Dirceu, o episódio prova que a senadora "despreza" a militância do PT. "Ela que conviveu dezenas de anos conosco", lamentou, referindo-se ao 29 anos de militância da senadora na sigla.Zé Dirceu acusou Marina de aliar-se à "política tradicional", da qual foi crítica quando integrava as fileiras petistas. "Essa mesma política que ela tanto criticou, mas com a qual ela mesma já convive agora com o PV fazendo acordos com o PSOL e o PSDB, PPS e DEM, ao mesmo tempo". Ela é aliada da direita, trocou de lado no espectro político. Teve que cair na vala comum da política da velha direita brasileira, dos senhores de engenho, e com a mais terrível de suas armas, o preconceito", declara o ex-homem forte do governo Lula em seu blog.

Na semana passada, Dirceu afirmou que Marina está fazendo campanha eleitoral antecipada financiada pelo dinheiro público, por meio da utilização da cota de passagens aéreas cedida pelo Senado para viagens pelo País e ao exterior e, é claro que isto, ele e o PT conhecem muito bem. Mas teria ele condições de falar sobre ética? Ele que foi protagonista de ações tão ofensivas e antiéticas que originaram sua cassação?

Pois assim é o mundo político, todos os dias telhados de vidros são quebrados, mas mesmo assim eles não aprendem e continuam jogando pedras uns nos outros. Uma coisa ele esqueceu, Caetano em sua entrevista também disse que não votaria em Dilma porque a considerava inexperiente e que daria continuidade ao esquema estabelecido de ocupação dos espaços estatais pelo governo do PT, seria uma verdade incontestável?

Nenhum comentário: