Pesquisa personalizada

12 de jul de 2009

Webber venceu



O australiano Mark Webber, da Red Bull, perdeu a primeira posição na largada, foi penalizado, mas mesmo assim venceu pela primeira vez na Fórmula 1 neste domingo, no GP da Alemanha, disputado no circuito de Nurburgring. O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, quebrou a seca de pódios na temporada com o terceiro lugar.

Além de conseguir vencer com certa folga na casa de seu companheiro de equipe Sebastian Vettel, o segundo colocado, Webber ainda quebrou um tabu. Antes, a última vitória de um australiano na Fórmula 1 era a de Alan Jones, no GP de Las Vegas de 1981, com a Williams.

Com a vitória, Webber chega aos 45,5 pontos e se aproxima de Vettel, que tem 47. O brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP, terminou com a sexta colocacação e caiu para quarto no campeonato, com 44 pontos. O líder, o inglês Jenson Button, chegou aos 68.

Segundo no grid, Barrichello pulou para a liderança da prova na largada, sem antes levar um "chega para lá" do pole Webber. A manobra provocou punição ao australiano, que teve de passar pelos boxes uma vez mais. Massa assumiu o quarto lugar.

Barrichello manteve a liderança até a primeira sessão de pit stops. Ele voltou à frente de Webber, mas mesmo com a penalização o australiano seguia com pouca diferença para o líder. Já Massa teve problemas na troca de pneus, mas não se afastou das primeiras colocações.

O erro atingiu outro brasileiro na segunda rodada de paradas no box. A Brawn GP teve de trocar a mangueira de reabastecimento durante a parada de Barrichello, o que lhe custou naquele momento três posições na pista.

Enquanto o brasileiro enfrentava problemas, Webber seguia absoluto na liderança, com grande vantagem em relação a Vettel, segundo colocado. Massa mantinha a terceira colocação, mas pouco ameaçava a Red Bull. Assim foi até o final e o brasileiro chegou aos 22 pontos, na quinta colocação.

Atrás também de Nico Rosberg, da Williams, Barrichello perdeu mais uma posição, para o seu companheiro de equipe em outro reabastecimento, e terminou em sexto.

O brasileiro Nelsinho Piquet fez uma corrida sem brilho. Caiu da décima para a 15ª colocação na largada, seguiu no pelotão intermediário e terminou em 13º. Seu companheiro de Renault, o espanhol Fernando Alonso, terminou em sétimo.

Confira a classificação final da prova:

1 - Mark Webber (AUS/Red Bull)
2 - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 9s2
3 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 15s9
4 - Nico Rosberg (ALE/Williams) - 21s
5 - Jenson Button Brawn-Mercedes - 23s6
6 - Rubens Barrichello (BRA/Brawn- GP) - 24s4
7 - Fernando Alonso (BRA/Renault) - 24s8
8 - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) - 58s6
9 - Timo Glock (ALE/Toyota) - 61s4
10 - Nick Heidfeld (ALE/BMW) - 61s9
11 - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) - 62s3
12 - Kazuki Nakajima (JAP/Williams) - 62s8
13 - Nelsinho Piquet (BRA/Renault) - 68s3
14 - Robert Kubica (POL/BMW) - 69s5
15 - Adrian Sutil (ALE/Force India) - 71s9
16 - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) - 90s2
17 - Jarno Trulli (ITA/Toyota) - 90s9
18 - Lewis Hamilton (ING/McLaren) - 1 volta

Não completaram:

Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 26 voltas atrás
Sebastien Bourdais (FRA/Toro Rosso) - 42 voltas atrás
do Terra

Nenhum comentário: