Pesquisa personalizada

18 de jul de 2009

Gripe "A" avança pelo Rio Grande do Sul

Entre 1,5 mil e 2 mil pessoas podem estar infectadas com gripe A no Estado. A estimativa é da Secretaria Estadual de Saúde. Segundo o secretário, Osmar Terra, embora a doença progrida rapidamente, a maior parte dos casos dispensa internação e pode ser tratada em casa.

Terra citou o caso de Vila Nova do Sul, na Região Central, para demonstrar que o avanço da nova gripe, embora rápido, pode ser remediado. No município, segundo ele, houve um pequeno surto, com 266 dos cerca de 4 mil habitantes contagiados. Foi desnecessária, contudo, qualquer internação — todos os pacientes se recuperaram em suas residências. Além de Vila Nova, mais duas cidades do Rio Grande do Sul têm surtos, são elas São Valério do Sul, na Serra, e São Martinho da Serra, na Região Central.

Para conter o avanço da doença, uma nova remessa do medicamento Tamiflu deve chegar ao Estado na segunda-feira. Serão 1,2 mil tratamentos da combinação de antibióticos e oseltamivir, que vão se somar às mil doses recebidas na sexta-feira. O medicamento é utilizado por orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS), mas Terra reforça que sua eficácia é limitada.(ZH)

Nenhum comentário: