Pesquisa personalizada

9 de ago de 2009

BR-116 continua matando

A BR-116 continua fazendo suas vítimas. Na sexta-feira, Sandro L. Duarte, um jovem de 22 anos, morreu depois de bater em uma placa de sinalização no trevo do Capão do Leão. Ele vinha pilotando sua motocicleta pela BR-393 e em função da forte neblina não viu o trevo existente no local. O acidente ocorreu por volta das 8hs.
.
Hoje, por volta das 3hs, outro jovem morreu na BR. Ele foi atropelado quando tentava atravessar a pista próximo ao Frigorífico Extremo Sul. O carro que atropelou e matou Eliezer Devantier Henzel de 18 anos, fugiu do local sem prestar socorro à vítima.
.
Estas duas mortes elevam as estatísticas sombrias do trecho da BR-116 entre a ponte do Arroio Pelotas, e o município do Capão do Leão, trecho de travessia entre os bairros de Pelotas e do município vizinho. A sinalização precária, o excesso de velocidade e a falta de passarelas, são os principais fatores de risco no local.

Nenhum comentário: