Pesquisa personalizada

25 de jul de 2010

Love Parade - entre os 19 mortos há sete estrangeiros

 Informações atualizadas dão conta da morte de 19 pessoas na tarde de ontem em Duisburg, Alemanha.
Entre os 1,4 milhão de pessoas que participavam da Love Parade, 356 ficaram feridas e 19 (11 mulheres e 8 homens) perderam a vida depois do tumulto na festa techno Loveparade. Entre os mortos, duas estudantes espanholas, uma chinesa, um holandês, um italiano, um autraliano e um jovem da Bósnia. Segundo declarações do chefe de polícia de Duisburg, Detlef von Schmilling, havia um brasileiro entre os mortos. Está informação chegou a ser noticiada pelo jornal espanhol El País em sua edição digital da manhã, no entanto, até o momento, não houve a confirmação desta informação.
O local que sediou a Loveparade 2010l era demasiado pequeno para o grande número de fãs que compareceram ao evento techno de verão. A frustração de ficar fora da festa, combinados com álcool e drogas , certamente, contribuíram para a tensão que culminou na tragédia.

Nota: As informações são provinientes da imprensa internacional e fontes oficiais da polícia de Duisburg, mas ainda são bastante imprecisas. Durante a manhã as autoridades divulgaram muitas informações contraditórias. Temos conhecimento dos nomes das estudantes espanholas, Clara Zapater e Marta Acosta de 22 e 21 anos, e da italiana Giulia Minola, 21 anos. Durante a manhã foi noticiada a presença de um brasileiro entre os mortos, porém está informação não foi confirmada até o momento. Onze vítimas com idade entre 20 e 40 anos são alemães das cidades de Gelsenkirchen, Castrop -Rauxel , Bad Oeynhausen, Bielefeld, Mainz, Lünen, Hamm, Bremen, Steinfurt e Osnabrück.
Anna Maria editoria do Imagens&Fatos - atualização 19:02

3 comentários:

Alma Inquieta disse...

Olá meu Amigo!

Que triste quando o que deveria ser uma festa termina dessa forma.

Daqui envio os meus pêsames à família dos que perderam a vida!

Um beijo e que tenhas um excelente domingo e melhor semana.

Anônimo disse...

De onde você tirou que há um brasileiro?

carlos sousa disse...

Anônimo das 15:20
Durante a manhã as autoridades divulgaram muitas informações contraditórias, entre elas a de que havia um brasileiro entre os mortos, fato que chegou a ser noticiado pelo El País/Espanha.