Pesquisa personalizada

14 de abr de 2010

Mantega é contra reajuste dos aposentados

22_MHG_MAntega_1

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou hoje pela manhã que vai propor ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva o veto a qualquer proposta aprovada pelo Congresso Nacional, que conceda um reajuste maior que 6,14% aos aposentados e pensionistas do INSS, que recebem acima de um salário mínimo. Segundo ele, o reajuste de 6,14% já garante o ganho real aos beneficiários do INSS.

A proposta original do governo era de elevação de 6,14% para esses benefícios. O Executivo já aceitou a demanda apresentada por deputados da base aliada para subir para 7%. O tema está em debate no Congresso. No entanto, na semana passada, parlamentares governistas disseram a representantes de sindicatos e aposentados que essas aposentadorias teriam alta de 7,7 %.

O reajuste de 6,14 % custaria R$ 6,7 bilhões à União. Um aumento de 7% teria um impacto adicional de R$ 1,1 bilhão, enquanto um aumento de 7,7 % geraria mais R$ 600 milhões em despesas para o governo.

A cabeça do ministro é a cabeça do PT, quando era oposição era contra tudo e prometia garantir os ganhos reais dos aposentados, mas agora, com todo o poder de sob controle, o método é diferente.

Nenhum comentário: