Pesquisa personalizada

12 de jan de 2011

Chuva no Rio - Mortes e destruição

Área serrana de Nova Friburgo

As chuvas que caíram na Região Serrana do Rio de Janeiro deixaram um rastro de destruição e mortes, no total até agora são 257 pessoas mortas desde terça-feira (11). Em Teresópolis, a cidade mais atingida, morreram 130 pessoas o que já é considerado pelo governo do estado  como a maior tragédia da história da cidade. Em Nova Friburgo, morreram 107 pessoas, de acordo com os dados do governo  do Rio de Janeiro. Em Petrópolis, vinte pessoas perderam a vida, parte deles no distrito de Itaipava.

A infra-estrutura da região foi afetada com gravidade. As cidades atingidas ficaram sem energia elétrica, telefone e transportes durante parte desta quarta-feira. Bairros inteiros continuam isolados o que dificulta o trabalho das equipes de resgate que trabalham sem descanso na tentativa de resgatar  vítimas da tragédia que atingiu a região serrana do Rio.

A Marinha colocou à disposição dois helicópteros (um Esquilo e um Super Puma) para o transporte de pessoal e equipamentos dos bombeiros. Esses helicópteros se juntam a outros cinco do governo do estado na missão de carregar equipes e equipamentos serra acima.

O governo Federal liberou R$ 780 milhões, através de medida provisória,   para os municípios do Rio de Janeiro e São Paulo atingidos pelas chuvas. Na quinta-feira (13),  a presidente vai sobrevoar de helicóptero a região fluminense para avaliar os estragos das chuvas.

Veja como ajudar os desabrigados

Postos rodoviários, supermercados e abrigos estão recebendo donativos para ajudar as vítimas da chuva na Região Serrana do Rio. Os desabrigados e desalojados precisam de doações de água potável, alimentos, roupas, cobertores, colchonetes e itens de higiene pessoal, como sabonete, pasta de dente e fralda descartável.

A Prefeitura de Teresópolis abriu uma conta exclusiva para receber as doações. Com o nome de “SOS Teresópolis – Donativos”, a conta corrente está disponível na Agência 0741-2 do Banco do Brasil, com o número 100000-9. Segundo a prefeitura, são aceitas ajudas de qualquer valor.

Em Petrópolis foram montados três postos para doação de água, colchão e material de limpeza e higiene na região de Itaipava: na Igreja Wesleyana, no Vale do Cuiabá; na Igreja de Santa Luzia, na Estrada das Arcas; e no centro de Petrópolis, na sede da Secretaria de Trabalho, Ação Social e Cidadania (R. Aureliano Coutinho, número 81).

A Rodoviária Novo Rio recebe doações para a Cruz Vermelha. Os donativos serão recebidos no piso de embarque inferior, das 9h às 17h.

O Programa de Voluntariado do Viva Rio também iniciou uma campanha de arrecadação de roupas e mantimentos para a região serrana do Rio de Janeiro, especialmente Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. Para ajudar, basta fazer a doação na sede do Viva Rio (Rua do Russel, 76, Glória). Para mais informações o Viva Rio disponibiliza os telefones (21) 2555-3750 e (21) 2555-3785.
Anna Maria
anna,ajuris@yahoo.com

Nenhum comentário: