Pesquisa personalizada

8 de mar de 2010

Alerta de ciclone no sul

temporal

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) declarou estado de alerta nos estados da região Sul do país diante da possível chegada na segunda-feira de um "sistema de baixa pressão" (ciclone subtropical) com ventos acima de 60 km/h.

Segundo o Inmet, o fenômeno pode passar pelos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e nas fronteiras com Argentina, Uruguai e Paraguai.

Os meteorologistas calculam que o sistema de baixa pressão que se está formando no oceano Atlântico pode alcançar esses estados entre 0h de segunda-feira e 0h de terça-feira (horários de Brasília), o fenômeno começara no litoral norte gaúcho  e deve se estender em direção ao Litoral Sul. O ciclone pode provocar ventos acima de 60 Km/h e agitação marinha na costa gaúcha, com ondas que poderão atingir 2,5 m de altura.

 

A defesa civil está em alerta para os possíveis danos que venham ocorrer no litoral gaúcho. Em Santa Catarina há previsão de ondas de até 4 metros entre segunda e terça-feira.

O mar também deve sofrer alterações em função da tempestade, e ficar bastante agitado, com ondas de três a cinco metros e há risco de forte ressaca na orla. A navegação é extremamente desaconselhável uma vez que o mar estará suficientemente revolto podendo provocar  naufrágios.

A orientação é para que os navios pesqueiros retornem de alto-mar e aguardem o desenvolvimento climático.

Na praia do Cassino, em Rio Grande, os moradores do Bolacha estão preocupados com a possível ocorrência de ventos fortes. Neste final de semana eles receberam telhas do município para recuperar os telhados que foram arrancados no vendaval do ultimo dia 23. Das 20 casas atingidas, 8 receberam ajuda da prefeitura de Rio Grande.

Cópia de ANNA MARIA  Postado por Anna Maria especial para Imagens&Fatos

Nenhum comentário: