Pesquisa personalizada

24 de out de 2008

transformação


Passando hoje pela Barroso esquina Três de Maio, parei em frente ao prédio do antigo bar "Ao Pexaco". A velha fachada do número 701 da Rua Três de Maio está de visual novo.
Conservadas as características arquitetônicas, hoje está instalado ali o "Porto-Bar&Cozinha".
O proprietário do prédio não é mais o Tio Pedro, o nome não é mais AO PEXACO, mas as lembranças de muitos continuam vivas ali. Como esquecer a figura pitoresca e simpática de Pedro Romano, nascido no Distrito do Quilombo em 1947, filho de Othílio Romano e Julieta Francisca, o Tio Pedro para os alunos do Campus II da Católica, ou simplesmente Pedrinho, tratado assim pelos amigos e frequentadores assíduos do bar.

Quem pode esquecer dos ovos cozidos, do baleiro giratório, do pastel de guisado, da cerveja gelada, da mesa onde os amigos passavam as tarde entre um trago e outro, colocando em dia a conversa fiada. O Campus III, como era chamado, era o ponto de encontro dos estudantes do ICH. Era o refúgio dos alunos do Diocesano, comedores de jujubas que fugiam dos olhos da Dª. Alice Loréa, a diretora.

Pois é, o velho Ao Pexaco está de roupa nova.

O jovem empresário Otávio Martins Peres, é o novo proprietário do prédio que está renovado. Reformado internamente com salas comerciais e outras dependências. Mas a fachada foi mantida assim como era 40 anos atrás.

Nenhum comentário: