Pesquisa personalizada

23 de out de 2008

eleições

RECEBEMOS HÁ POUCO POR E-mail NOTA DIVULGADA PELA COLIGAÇÃO PP-PTB-PPS-PR-PRB, E TRANSCREVEMOS NA ÍNTEGRA ABAIXO

Pelotas amanheceu inundada de panfletos apócrifos, com supostas denúncias contra a administração de Fetter Júnior, candidato à reeleição e líder das pesquisas sobre intenção de voto na eleição de domingo. O panfleto se constitui em montagem de suposta notícia publicada no dia 24 de agosto no jornal semanal "Tribuna Centro-Sul", de Camaquã. A notícia montada no panfleto, segundo declaração do diretor do jornal, jornalista Luiz Renato Barboza, é uma farsa, pois o jornal nunca publicou matéria sobre o assunto e tampouco circulou no dia 24 de agosto, conforme montagem no panfleto.
Na tarde desta quinta-feira, enquanto Fetter Júnior cumpria sua agenda política nos bairros e vilas, a Brigada Militar prendeu emflagrante o ex-presidente do PSB, Ari Machado, que estava distribuindo o panfleto no Calçadão de Pelotas. O PSB integra a Frente Popular e é o partido do candidato a vice-prefeito na chapa de Fernando do Marroni(PT).
O Ministério Público de Pelotas também se pronunciou sobre o que pode ser considerado "crime eleitoral", e em nota afirma que nada consta no MP contra a administração Fetter Júnior. As certidões, afirmando que nada consta ou constou contra Fetter Júnior, no que se refere a possíveis irregularidades na adminsitração de recursos doBanco Mundial, são assinadas pelos promotores de Justiça Jaime Chatkine Paulo Charqueiro.
A Coligação Pelotas em Boas Mãos (PP-PTB-PPS-PR-PRB)divulgou nota sobre o assunto: Confira:
"Nesse dia 23 de outubro Pelotas testemunhou um dos dias mais vergonhosos de sua história política. Na calada da noite, milhares depanfletos apócrifos foram jogados pelas ruas da cidade, numa tentativa desesperada e inútil de tentar enganar a população. Trata-se de uma montagem grosseira, ridícula e mentirosa, utilizando-se criminosamente de uma pretensa notícia publicada no dia 24 de agosto no jornal semanal "Tribuna Centro-Sul", de Camaquã. Na tarde desta quinta-feira, a polícia prendeu o ex-presidente do PSB local, Ari Machado, distribuindo panfleto no Calçadão. A autoria do crime eleitoral agora já é conhecida e revela a verdadeira face do adversário de Fetter.
Os autores deste triste e lamentável episódio, que deixou Pelotas indignada, envolveram – de forma covarde e criminosa - o Ministério Público, o Tribunal de Justiça, o nome do candidato da Coligação Pelotas em Boas Mãos e um pequeno jornal de Camaquã. Tudo para tentar reverter a tendência de esmagadora vitória de Fetter na eleição de domingo!
A montagem da falsa denúncia foi desmontada durante essa quinta-feira, pelo proprietário do jornal "Tribuna Centro-Sul", jornalista Luiz Renato Barbosa. "O nome do jornal foi usado indevidamente numa falsa montagem com claros fins políticos: Não tivemos edição do jornal no dia 24 de agosto (dia da supostanotícia). O jornal circulou nos dias 22 e 29 de agosto e nunca publicamos nenhuma notícia sobre tal assunto. Fomos usados nessa armação política e vamos atrás dos culpados e acioná-los na forma dalei".
A farsa já foi desmascarada. No entanto, a melhor e maiscontundente resposta a essa vergonhosa e lamentável armação políticaserá dada nas urnas pela população".
Coligação Pelotas em Boas Mãos (PP-PTB-PPS-PR-PRB)
imprensafetter@gmail.com

Um comentário:

ruas disse...

Que baixaria. não dá pra fazer uma campanha limpa.