Pesquisa personalizada

25 de out de 2008

eleições



Recebemos E-mail da assessoria de imprensa da coligação Pelotas em boas mãos, que transcrevemos abaixo:

Na madrugada de sexta-feira para sábado, às vésperas do segundo turno das eleições municipais, a cidade foi novamente inundada por panfletos apócrifos com informações caluniosas, difamantes e injuriosas contra o candidato da Coligação Pelotas em Boas Mãos.

No material os criminosos tentam atribuir a ele "o uso de magia negra em campanha eleitoral", em uma tentativa desesperada de reverter a preferência do eleitorado –três pesquisas de diferentes institutos de opinião indicam Fetter mais de dez pontos a frente de Marroni.

É a segunda vez na semana que antecede o pleito que adversários se usam de materiais apócrifos e mentirosos contra o candidato da Coligação Pelotas em Boas Mãos. Na madrugada de quarta para quinta-feira foram distribuídos panfletos com acusações falsas de que Fetter estaria sendo processado por desvio de recursos públicos. Os promotores Jaime Chatkin e Paulo Charqueiro expediram certidões declarando que tais processos não existem, e um militante da FrentePopular – ex-presidente do PSB e assessor de Fernando Marroni quando este foi prefeito – foi preso em flagrante enquanto distribuía centenas de panfletos no Centro da cidade.

No novo material os criminosos apresentam a montagem do rosto de Fetter em meio ao que seria uma sessão de magia negra, e no texto atribuem ao ex-deputado federal Érico Ribeiro a denúncia de que o candidato teria "comprado a alma do (então) candidato a Prefeito, Bernardo de Souza". Ribeiro afirmou não ter relação nenhuma com a produção de tal material, classificado por ele como estapafúrdio."Repudio veementemente esse tipo de atitude. É uma baixaria nesse momento em que precisamos que o eleitor se manifeste livremente",disse Ribeiro.

A coordenação jurídica da Coligação Pelotas em Boas Mãos ingressou com uma representação judicial com pedido de busca e apreensão dos panfletos. À ação foi anexada a declaração de uma moradora que presenciou o que pode ter sido a negociação para impressão do material.

imprensafetter

Nenhum comentário: