Pesquisa personalizada

8 de abr de 2011

O Rio dá adeus às crianças mortas em Realengo

Larissa dos Santos Atanásio (foto), 13 anos, uma menina alegre e que adorava ir a escola foi uma das 12 vítimas da chacina de Realengo enterradas hoje no Rio de Janeiro.

Além de Larissa também foram sepultados, Karine Lorraine Chagas de Oliveira, 14 anos, Rafael Pereira da Silva, 14 anos, Milena dos Santos Nascimento, 14 anos, Mariana Rocha de Souza, 12 anos, Bianca Rocha Tavares, 13 anos, Luiza Paula da Silveira Machado, 14 anos, Laryssa Silva Martins, 13 anos, Géssica Guedes Pereira, 15 anos, Samira Pires Ribeiro, 15 anos e Igor Moraes da Silva de 13 anos. O corpo de  Ana Carolina  Pacheco da Silva, 13 anos, será cremado na manhã deste sábado, no Crematório do Memorial do Carmo, no Cemitério do Caju.

Dez crianças ainda permanecem internadas nos hospitais do Rio de Janeiro.

No Hospital Estadual Alberto Torres, permanece internado no CTI pediátrico J. O. S., de 14 anos, que sofreu uma lesão vascular grave no ombro direito. Ele foi operado e passa bem, encontra-se estável, lúcido e orientado.

No Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, L. V. S. F., de 13 anos, está em estado grave e respira com ajuda de aparelhos, após passar por uma neurocirurgia. Ele foi baleado no olho direito. Seu estado de saúde é estável.

T. T. M., de 13 anos, que foi atingida no abdômen e coluna, foi operada ontem no Hospital Estadual Albert Schweitzer e transferida para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes. Ela também é paciente em pós-operatório, em estado grave, mas estável. A menina está sedada, respira com ajuda de aparelhos e tem acompanhamento rigoroso.

No Hospital Estadual Albert Schweitzer, C. M. V. S., de 13 anos, teve fratura de antebraço e mantém-se estável, em observação e sem previsão de alta. Já E. C. A. A., de 14 anos, que foi baleado no abdômen e mão, permanece sedado em estado grave, respirando por auxílio de aparelhos.

D. D. V., de 12 anos, baleado no abdômen, foi encaminhado ao CTI pediátrico, sem previsão de alta. Encontra-se em pós operatório, sendo acompanhado pela equipe de cirurgia geral, ortopedia e pediatria.

As vítimas internadas no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia são Y. B. O. P. N., de 13 anos, que foi baleado no braço. Ele passa bem e tem boa recuperação cirúrgica. Está em observação pelos médicos.

B. R. T., de 13 anos, foi baleada nas mãos. Passa bem após a cirurgia e está em observação pelos médicos. Os dois permanecem internados na enfermaria da pediatria. Estão estáveis.

L. G. C., de 13 anos, baleado na perna e no braço, está internado no Hospital Universitário Pedro Ernesto. O paciente encontra-se estável, consciente e lúcido e seu quadro evolui bem.

A. M. F. S., de 14 anos, está internado no CTI pediátrico do Hospital da Polícia Militar. Ele foi baleado na cabeça, mão e clavícula. Foi operado ontem. O paciente encontra-se estável e passa bem.

Nenhum comentário: