Pesquisa personalizada

20 de jun de 2011

CARTA DOS SERVIDORES DO SANEP À POPULAÇÃO DE PELOTAS

Pelotas, 20 de junho de 2011.

Cidadãos pelotenses,

Nós, trabalhadores do SANEP, servimo-nos desta para comunicá-los de que estamos em campanha salarial, buscando maior valorização, diante da importância que tem o nosso trabalho para a qualidade de vida em nossa cidade.

A melhoria da qualidade dos serviços começa com políticas públicas de universalização do fornecimento de água potável e de saneamento, levando a toda a população uma vida mais saudável, passando pela preservação e recuperação do meio ambiente. Passando, também, pela qualificação e valorização dos servidores que são as pessoas que colocam em prática essas políticas.

Servidor não é mero executor de tarefas. É pessoa capaz de avaliar suas ações diante das demandas e ajudar a otimizar os serviços, atendendo cada vez melhor às necessidades da população. Também, posiciona-se diante de questões como terceirização e privatização que podem ameaçar o controle social sobre o serviço de saneamento.

Porém, a Prefeitura não nos tem tratado com o respeito e a consideração que merecemos. Sequer fomos recebidos pelo Prefeito para tentar negociar nosso aumento de salário. Fomos recebidos por uma comissão designada por ele para negociar salários com os servidores.

Nossa proposta de aumento salarial é de 15,3% e de 20% no vale alimentação. A contra-proposta da Prefeitura foi de 6,3% de aumento no salário e 9,6% no vale refeição. Havia a esperança na implantação do Plano de Cargos e Salários até agosto. O que não foi confirmado pelo executivo, que permanece intransigente.

Mantendo-se esse índice de aumento, os servidores de nível 1 estarão com o salário base inferior ao salário mínimo em janeiro, vindo a necessitar de complementação salarial. Nesse caso, será mais um grande número de servidores municipais sem condições dignas de sobrevivência, já que a maior parte de nossos colegas, trabalhadores da administração direta, incluindo professores, tem salários inferiores ao mínimo.

Somos solidários com nossos colegas da Prefeitura e estamos todos na mesma situação, enfrentando o mesmo governo que não nos valoriza como trabalhadores e que se nega ao diálogo, mantendo-se insensível às nossas necessidades. Porém, nossa autarquia tem renda própria e orçamento próprio, o que nos permite uma negociação independente da negociação que vier a ser desenvolvida com o SIMP.

Não entendemos essa política salarial da Prefeitura, uma vez que a “reforma administrativa” ocorrida recentemente aumentou consideravelmente os salários dos CCs. Também não entendemos a necessidade de vincular nossos salários aos da administração direta, se o SANEP tem receita própria.

Temos consciência de nossas obrigações para com a população de Pelotas e solicitamos seu apoio. Porém, se as possibilidades de diálogo se esgotarem, pedimos a compreensão de todos pelas atitudes que porventura sejamos levados a tomar em nossa caminhada por melhores salários e uma valorização profissional que nos permita prestar um serviço cada vez melhor à comunidade pelotense.

Respeitosamente,

Servidores do SANEP

Nenhum comentário: